Com gols de Mandzukic (contra), Griezman, de pênalti, Pogba e Mbappé, a França conquistou a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, ao derrotar, na tarde deste domingo, a Croácia por 4 a 2. A partida foi realizada no estádio Lujniki, em Moscou, local onde um grande clube do futebol brasileiro também já deu uma volta olímpica: o Fluminense.

O ano era 1963 e o Tricolor das Laranjeiras, na época contando, em seu elenco, com jogadores como Castilho (titular da Seleção Brasileira na Copa de 1954, na Suíça e reserva no título do Mundial seguinte, em 1958, na Suécia) e Carlos Alberto Torres (lateral-direito e capitão do inesquecível escrete que, 19070, no México, assegurou o tri da Copa do Mundo e a posse definitiva da Taça Jules Rimet), excursionava pela Europa, atuando por Suécia, Finlândia e pela então União Soviética, onde, no dia 06 de junho, encarou o Dínamo de Kiev no Lujniki, que, na ocasião, chamava-se Estádio Central Lênin, diante de um público superior a 50 mil pessoas na decisão do Torneio de Moscou.

Depois de suportar a pressão adversária no início, o Flu equilibrou as ações e, aos 11 minutos do primeiro tempo, fez o único gol do duelo decisivo com o atacante Joaquinzinho, que veio do Brasil de Pelotas e, segundo reza a lenda, ainda quando estava no Sul do Brasil, quase foi trocado por Pelé.

Ao longo daquela excursão, o Fluminense disputou 11 partidas, conquistando nove vitórias, um empate e sofrendo apenas uma derrota.

O time-base da agremiação verde, branco e grená era Castilho, Carlos Alberto Torres, Procópio, Dari e Nonô; Íris e Luiz Henrique; Marinho, Manoel, Joaquinzinho e Escurinho.

Tentando se apoiar no passado para ter um bom futuro, o Fluminense, depois de vencer o Madureira por 4 a 2 em jogo-treino acontecido na manhã do último sábado, retorna aos trabalhos na manhã de segunda no CT Pedro Antônio e entra na reta final de preparação para o recomeço do Campeonato Brasileiro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Na quinta, a partir das 20h (de Brasília), em São Januário, terá, pela frente, o clássico carioca diante do Vasco. Será a estreia oficial do novo técnico tricolor, Marcelo Oliveira, além dos novos reforços contratados, o zagueiro Digão, que foi revelado no próprio Tricolor e volta após passagens por Cruzeiro e futebol do Oriente Médio, além do atacante Luciano, jogador que se destacou pelo Corinthians e, ultimamente, estava no Panathinaikos, da Grécia.

Com 14 pontos, o Fluminense vem de quatro derrotas seguidas e, depois de ocupar a vice-liderança, caiu para o 12º lugar na classificação do Brasileiro.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo