"Com grandes poderes, vem grandes responsabilidades". Essa é uma das frases mais conhecidas do mundo das histórias em Quadrinhos e foi dita para Peter Parker pelo seu tio Benjamin Parker, antes de sua morte. Peter viria se tornar o Homem-Aranha e transformaria esse conselho de seu tio em um lema e um mantra.

O herói já salvou diversas vidas e, com isso, acabou colocando em risco a sua própria. Mas em quantas dessas situações de risco o teioso saiu com vida? Confira a seguir cinco vezes em que o Homem-Aranha foi dessa para a melhor [VIDEO].

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Animes

A última caçada de Kraven

Conhecida como uma das histórias do Homem-Aranha na Marvel, a Última Caçada traz um dos vilões mais perigosos do heróis, Kraven, o Caçador.

Na história, o vilão é responsável por enterrar o Homem-Aranha vivo e depois tomar o seu lugar como combatente do crime na cidade de Nova Iorque.

Acontece que Peter estava drogado com tranquilizantes, e não morto. O cabeça de teia consegue acordar depois de dias e só então sai de sua cova para enfrentar Kraven.

Mente apagada pelo Dr. Octopus

No ato "final" de Dr. Octopus, no run de Dan Slott, Peter Parker acabou perdendo seu corpo. Otto Octavius estava morrendo por conta de uma doença degenerativa e, antes que seu corpo perecesse, o vilão trocou de mente com o amigão da vizinhança. Peter morreu no corpo de Otto e o doutor se tornou o novo Home-Aranha.

Apesar de Superior Homem-Aranha ser controverso, é considerada uma das melhoras sagas do cabeça de teia. Slott afirmou que Peter Parker estava morto de vez e que Otto seria o novo cabeça de teia a partir de então... Até que Peter conseguiu voltar para seu corpo. Em um final que redime Octavius, o Homem-Aranha original retoma seu manto e salva a cidade de Nova Iorque em um final de saga épico.

A luta contra Osborn

O universo Ultimate era uma linha de histórias da Marvel [VIDEO] que tentava atualizar os supre heróis para os anos 2000. Muitas caracterizações foram aceitas pelos fãs, enquanto outras não muito. Quem não sofreu muitas mudanças foi Peter Parker. Apesar de estar mais jovem nesse universo, o Homem-Aranha continua sendo o amigão da vizinhança... Até que não foi mais.

Em seu ultimo arco usando o manto, Peter enfrenta Norman Osborn, o Duende Verde, junto com todo o Sexteto Sinistro. A vida de seus entes queridos está em perigo e o teioso usa todas as suas forças para enfrentar os vilões. Ele consegue vencer o grupo, mas acaba sacrificando sua vida no processo. E sem voltas dessa vez. Parker permaneceu morto até o fim do universo Ultimate.

Marvel Zombies

Existe um universo paralelo nas publicações da Marvel em que todos os heróis se tornaram zumbis. E fim da história, o Homem-Aranha morre e se torna um zumbi. Pena que não é bem assim.

Em busca de mais seres vivos para serem devorados, os zumbis acabam invadindo outros universos e, em um deles, o Homem-Aranha zumbi acaba devorando grande parte do Sexteto Sinistro, exceto pelo Homem-Areia que consegue fugir.

Amedrontado após presenciar a morte dos outros vilões, Flint Marko acaba encontrando o Homem-Aranha original daquele universo. O que não era um zumbi.

O pior acontece e o Homem-Areia mata o herói de dentro para fora. Literalmente.

As várias mortes em Spider-Verse

Durante a saga Spider-Verse, um grupo de vilões começa a caçar versões alternativas do Homem-Aranha de universos paralelos. O objetivo dos vilões é se alimentar dessas versões do herói. E o que acontece? Muitas e muitas mortes de Peter Parker. O teioso chega até a ser servido como uma refeição na mesa dos vilões. Com bandeja e tudo.

Para o alívio do multiverso eles são derrotados no final, mas não antes de deixarem um rastro de sangue de aranha por todos os lados.