11 mulheres que apresentam peculiaridades físicas

Algumas nasceram com algum tipo de necessidade física especial outras chamam a atenção pelas modificações que fizeram no corpo.

1

Harnaam Kaur

Conhecida como a mulher barbada, ela tem um desequilíbrio de hormônios que promove o crescimento de barbas em seu rosto.

2

Julia Gnuse

Julia é considerada uma das mulheres mais tatuadas do mundo com cerca de 95% do corpo tomado.

3

Barbie Thomas

Ela perdeu os braços ao segurar dois cabos de aço, levou um choque muito grande e ficou sem os membros. Hoje ela é fisiculturista e superou a perda.

4

Asha Mandela

Registrada no Guiness como a mulher com o maior cabelo do mundo. São 41 kg e 17 metros.

5

Jessica Cox

A jovem já nasceu sem os braços, mas desenvolveu uma habilidade incomum com os pés: ela é a primeira pessoa sem braços a pilotar um avião.

6

Rahma Haruna

Ela tem 20 anos, nasceu ”perfeita”, mas aos 6 meses de idade teve um problema que impede que ela cresça os membros, por não ter recursos para buscar tratamento ela vive dentro de um balde, posicionado em cima de uma cadeira de rodas.

7

Victoria Wright

Victoria sofre de querubismo, que é uma doença genética e hereditária. Ela causa anomalias faciais através de crescimentos ósseos anormais na face. O rosto fica oval e bochechas bem saltadas.

8

Mikel Ruffinelli

Mikel tem o maior quadril do mundo que chega a medir quase 3 metros de circunferência.

9

Jyoti Amge

Olhando a imagem parece que é uma montagem, mas não é, a foto é real e Jyoti é a menor mulher do mundo ainda viva. Ela ganhou o título do Guinness Book.

10

Elaine Davidson

Ela começou a colocar piercings em 1997, seu corpo é repleto deles. Brasileira, vivendo na Escócia, ela chegou até ao livro dos recordes por causa da prática.

11

Valeria Lukyanova

Nascida na Ucrânia, Valeria Lukyanova é frequentemente apontada como a mulher que mais se assemelha a uma verdadeira boneca Barbie no mundo real. Ela possui olhos verdes naturais que são potencializados com o uso de lentes e seios siliconados, mas afirma que as intervenções estéticas param aí.

Clique para ler mais e assistir ao vídeo
Ou então