Os membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias tem algo que os distingue dos seguidores de diversas religiões cristãs. Eles acreditam que fora a Bíblia Sagrada, existe um outro registro de escrituras com valor semelhante à Bíblia.Trata-se do "Livro de Mórmon".

Para os "Santos dos últimos Dias", nome pelo qual são conhecidos os membros da Igreja, O Livro de Mórmon é de fato um "Outro Testamento de Jesus Cristo".

Em suas páginas iniciais é encontrada a seguinte declaração dada por Joseph Smith, o profeta moderno que trouxe à luz esses registros: “Eu disse aos irmãos que o Livro de Mórmon era o mais correto de todos os livros da Terra e a pedra fundamental de nossa religião; e que seguindo seus preceitos o homem se aproximaria mais de Deus do que seguindo os de qualquer outro livro.”

1- O Livro de Mórmon foi escrito pelo povo das "Américas"

O registro começa com a vinda de Leí e sua família para o continente americano.

Eles saíram de Jerusalém após Leí receber uma revelação do Senhor que a cidade seria destruída. Após anos de viagem incluindo o trajeto pelo deserto, eles chegaram ao continente americano e deram início a uma grande civilização.

Essa civilização posteriormente se dividiu adotando o nome de Nefitas e Lamanitas. Leí e sua posteridade registraram sobre suas vidas, dificuldades, profecias e revelações de Deus em placas de ouro, e assim surgiu o que hoje está registrado no Livro de Mórmon.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

2- O motivo do livro se chamar "O Livro de Mórmon"

Mórmon foi um dos descentes do Leí; coube a ele compilar mais de 600 anos de história. Ele citou e resumiu os registros, como um Profeta-Historiador, por isso ficou sendo chamado assim, porém o Livro não fala sobre Mórmon, o seu ponto fundamental é falar sobre Jesus Cristo, por isso na capa do livro lemos: "Outro Testamento de Jesus Cristo".

3- No livro há um relato sobre a visita de Jesus Cristo nas Américas

Uma das partes de grande emoção do livro, fala sobre a visita pessoal do Salvador Jesus Cristo no continente americano. Há um extenso relato de como foi sua aparição e ministração para aquele povo logo após a sua ressurreição.

4- Assim como há nomes bíblicos, há nomes que foram tirados do Livro

Se conhecerem alguém com certos nomes, pode com certeza identificar que tal pessoa é de uma família de Santos dos Últimos Dias. Alguns nomes que os pais costumam por nos filhos, em lembrança a alguma pessoa do Livro inclui: Morôni, Mosias, Helamã, Néfi.

5- No fim do Livro consta uma promessa sagrada

No fim do Livro de Mórmon há uma parte que diz que as pessoas podem perguntar a Deus se Livro de Mórmon é verdadeiro, para isso precisam ler com real intenção, ponderar as palavras nele contidas e depois orar com fé.

O registro diz que os que assim fizerem obterão uma resposta pelo poder do Espírito Santo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo