5 fatos interessantes sobre a raridade por trás dos olhos verdes

Video Avalie este título

Essa tonalidade é extremamente rara em todo o mundo, sendo que apenas 2% da população mundial têm olhos dessa cor.

1

Apenas 2% da população mundial têm olhos verdes

Sendo resultado de uma mutação genética, olhos verdes são muito raros em todo o mundo. Segundo uma pesquisa, apenas 2% da população têm essa coloração e a maioria concentra-se em regiões como o Norte e o Centro da Europa, sendo muito comum em húngaros, irlandeses, ingleses e escoceses.

2

Meio-termo entre genes

A cor dos olhos de um indivíduo é resultado da mistura do material genético do pai e da mãe. No caso de olhos verdes, em vez de receber dois genes dominantes ou recessivos, a pessoa recebe genes dominantes, no caso do castanho, mas com uma quantidade bem menor de melanina, ou seja,o olho verde é resultado de uma mutação genética.

3

Mudança de tons

Os olhos verdes podem acabar mudando de tonalidade, dependendo do ambiente em que se encontram, do clima do local e até mesmo do estado de ânimo do indivíduo. Podem apresentar desde uma coloração azul ou acinzentada, até mesmo um pouco mais escurecida, se aproximando do tom castanho.

4

Risco de catarata e maior tendência ao ressecamento

Devido à sensibilidade à luz, a retina de olhos claros acaba ficando menos protegida, o que favorece o aparecimento de problemas como ressecamento e catarata.

5

Variações de cores

Há outras tonalidades que derivam da cor castanha e, devido ao fato de terem menos melanina, acabam com um tom esverdeado. É o caso de olhos cor âmbar ou avelã esverdeados. Mas não é só o tom castanho que adquire a cor esverdeada, olhos azuis que têm uma tonalidade puxada para o verde também existem.

Clique para ler mais e assistir ao vídeo
Ou então