Nascido no Brasil, mas com origem italiana e alemã, Jair Messias Bolsonaro [VIDEO] foi eleito o mais novo presidente do Brasil. Na disputa eleitoral de segundo turno contra o candidato petista, Fernando Haddad, Bolsonaro obteve vitória com 55% dos votos válidos.

Com descendência italiana, a escrita do sobrenome do presidente eleito, originalmente, era 'Bolzonaro', mas, com a vinda dos seus antepassados para o Brasil como imigrantes, o sobrenome passou a ser 'Bolsonaro'. De acordo com o próprio presidente, seu bisavô, que era alemão, fez parte do exercito de Adolf Hitler, na época da segunda guerra mundial. Ele disse que não foi por escolha, mas sim porque, se não fizesse parte iria para o 'paredão'.

Infância

Apesar de em seu registro constar que ele é natural de Campinas-SP, Jair Bolsonaro nasceu em um pequeno distrito a noroeste do estado de São Paulo, mas como só foi registrado 10 meses após seu nascimento, o registro consta a cidade campinense.

O nome Jair foi homenagem a um jogador da seleção brasileira do ano de 1956, Jair Rosa Pinto, que era meia-esquerda. Mas inicialmente, pelo fato de a gravidez da mãe de Bolsonaro ter sido difícil, ele iria se chamar apenas Messias Bolsonaro, pois ela atribuiu o nascimento do filho a Deus.

Durante a infância, Bolsonaro morou em muitos lugares, dentre eles Jundiaí, Sete Barras, Ribeira e, finalmente, estabeleceu moradia em Eldorado, onde cresceu com seus 5 irmãos.

Carreira militar

Quando tinha 15 anos, Jair e alguns amigos forneceram informações ao exército sobre possíveis locais onde Carlos Lamarca estaria se escondendo.

Com 18 anos, Jair Bolsonaro [VIDEO] entrou para Escola Preparatória de Cadetes do exército, mas depois pensou melhor e prestou concurso para entrar na Academia Militar das Agulhas Negras, passou e se formou em 1977.

Especializou-se em paraquedismo pela Brigada de Infantaria Paraquedista. Após a conclusão do seu curso, foi servir como Aspirante e ficou até virar Oficial no Grupo de Artilharia de Campanha (GAC). Em 1982 cursou também a Escola de Educação Física do Exército, formou-se, e foi servir novamente, dessa vez no Grupo de Artilharia de Campanha Paraquedista, em Deodoro, Rio de Janeiro.

Jair Bolsonaro acabou conhecido nacionalmente em 1986, após artigo publicado na Revista Veja, onde reclamava dos salários dos militares. Acabou preso por 15 dias, e apenas dois anos depois viria a ser absolvido pelo STM (Superior Tribunal Militar) e se afastaria das atividades do exército, chegando, assim, à carreira política.

Carreira política

No ano de 1988, Jair Messias Bolsonaro tornava-se vereador do estado do Rio de Janeiro pelo PDC (Partido Democrata Cristão).

Jair era um vereador conservador e pouco atuante. Ele usou seu mandato para eleger causas militares, como o direito dos mesmos de usar os ônibus urbanos de graça.

De 1991 até a atualidade, Jair Bolsonaro, também pelo PDC, se elegeu deputado federal. Ao longo dos anos como deputado, Jair passou por diversos partidos, dentre eles, PPR, PPB, PSL e PTB.

No dia 1 de janeiro de 2019, Jair Messias Bolsonaro assumirá a presidência da República Federativa do Brasil.