Presidenciáveis rodaram o equivalente a 7,5 voltas em torno da Terra e outras curiosidades

10 fatos que mostram que essa foi uma das eleições mais impressionantes da história do Brasil.

1

Candidato à Presidência da República sendo esfaqueado em praça pública

No dia 6 de setembro, faltando quase um mês para o primeiro turno, o candidato Jair Bolsonaro levou uma facada na região do abdômen, o que lhe rendeu 26 dias de internação.

2

Presidiário que precisou ser substituído

O ex-presidente Lula que se encontra preso em Curitiba-PR, se candidatou à Presidência da República e teve a sua candidatura negada pelo TSE e 26 dias depois após o início oficial da campanha foi substituído por Fernando Haddad.

3

Campanha no monte

O ilustre presidenciável Cabo Daciolo, que se destacou pelo seu jeito áspero e, muitas vezes, engraçado nos debates passou 21 dias de campanha fazendo jejum no monte ao invés de ir para entrevistas e debates. De acordo com ele, o motivo seria que "só Deus pode dar a vitória para a nação Brasileira".

4

E quem fez campanha no monte acabou ganhando mais votos do que quem gastou R$ 54 milhões em campanha

Como dito no tópico anterior, Cabo Daciolo passou quase todo tempo de campanha orando no monte, o curioso é que ele obteve resultado superior ao candidato Henrique Meirelles no primeiro turno, o candidato pelo MDB gastou 54 milhões de reais em campanha eleitoral e alcançou menos de 1% dos votos válidos.

5

Guerra de hashtags

Na internet surgiu uma campanha feita por um grupo de mulheres que se manifestaram contra o presidenciável Jair Bolsonaro, logo vários adeptos da hashtag "EleNão" viralizaram essa ideia, o que provocou o grupo de apoiadores de Jair Bolsonaro a criar a hashtag "EleSim". Essa "guerra de hashtags" na web rendeu nas duas maiores manifestações do ano.

6

Campanha que durou menos de 2 meses

A boa notícia para quem não gosta do horário eleitoral gratuito e obrigatório e também se incomoda com campanha política na rua é que esse ano o tempo de campanha foi reduzido de 90 dias para 52 dias, e o horário eleitoral na TV passou de 45 dias para 35 dias.

7

Essa foi uma eleição mais econômica

Para os mais politizados e preocupados com os gastos do país, principalmente no período eleitoral, a boa notícia é que essa eleição foi cerca de 33% mais barata do que a ultima em 2014.

8

Até a famosa "vaquinha" participou das eleições

Os candidatos puderam usar um famoso recurso chamado "vaquinha virtual" para arrecadar fundos para a campanha eleitoral. Estima se que foram arrecadados mais de 2,2 milhões de reais por esse método.

9

Juntos, presidenciáveis rodaram mais de 300 mil km por todo país

A marca que ultrapassou os 300 mil km rodados pelos candidatos à Presidência da República em período eleitoral foi equivalente a 7,5 voltas em torno do planeta Terra.

10

Menos tempo de televisão, mais votos no primeiro turno

Jair Bolsonaro conquistou um feito inédito nas eleições, pela primeira vez em 20 anos um candidato com menos tempo de propaganda eleitoral gratuita na TV aberta liderou a eleição no primeiro turno

Clique para ler mais e assistir ao vídeo
Ou então