A personagem Lagertha é, com certeza, uma das mais importantes da série Vikings. Sua bravura e também companheirismo foram importantes para o desenrolar da história e também crescimento de Ragnar como guerreiro.

Segundo as histórias, Lagertha viveu no território da atual Noruega e foi esposa do guerreiro Ragnar. Sua história também é registrada no livro ‘Feitos dos Danos’ de Saxão Gramático. De acordo com informações, ela era uma guerreira além de ser uma reconhecida valquíria.

Tudo se iniciou quando Fro, um caudilho tribal dos suíones, fez uma invasão a Noruega e matou um conde por volta do ano de 840. Após isso, ele então anunciou que as mulheres que compunham a família do conde deveriam fazer parte de um bordel.

Ragnar então lutou contra o exército de Fro para vingar a morte de seu avô, Sivardo. Um acontecimento estranho fez com que o viking ganhasse ainda mais força durante a sua vingança.

As mulheres que foram vítimas de abusos vestiram-se de homem e se juntaram ao acampamento de Ragnar. Dessa forma, elas evitaram a humilhação e algumas até mesmo se juntaram ao campo de batalha.

Como Lagertha conheceu Ragnar

Lagertha então se uniu a Ragnar e demonstrou estar bem preparada para a batalha. Impressionado com sua destreza no campo de batalha, o viking mostrou interesse e pediu sua mão em casamento.

Conta-se que quando o guerreiro foi pedir a mão de Lagertha, um enorme urso apareceu na residência da guerreira e Ragnar precisou mata-lo.

Matando o animal, ele deixou sua lança cravada no bicho chamando a atenção da guerreira.

Ainda de acordo com o Saxão Gramático, Ragnar e Largertha tiveram um filho e duas filhas cujo os nomes não são conhecidos.

Casamento

Os primeiros anos de casados foram muito bons, no entanto, Ragnar se apaixona por Thora Town-Hart, filho do novo rei da Suécia e se divorcia com Lagertha. Depois disso, segundo os registros, a guerreira se casa novamente e se muda para a Noruega.

Eles se reencontram quando o guerreiro viking vai até o local pedir ajuda a sua ex-esposa para conseguir um grande exército. Ragnar tem o objetivo de enfrentar a batalha da Dinamarca. No campo de batalha eles são cercados e a experiência da guerreira faz com que ela crie uma estratégia para criar pânico em seus inimigos.

Não existem registros sobre a sua morte. O que se sabe é que até seus últimos momentos de suspiro ela viveu como uma rainha.

Leia também:

Vikings: novo pôster traz Ivar, o Desossado, sendo coroado [VIDEO]

Vikings: 5 teorias sobre o futuro da série [VIDEO]