5 formas de prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis

Video Avalie este título

Existem inúmeras formas de combater as doenças sexualmente transmissíveis, e alguns cuidados são extremamente importantes.

1

Usar camisinha

Muito conhecida popularmente, ela é indispensável para evitar as doenças sexualmente transmissíveis. Atualmente existem camisinhas para homens e mulheres, porém, é de extrema importância usar a camisinha corretamente, pois o uso incorreto pode acarretar o rompimento. É recomendado evitar guardar o produto em bolsas ou bolsos de calça, e em locais abafados que possuam calor.

2

Parceiros sexuais

Como forma de prevenção, sugere-se que o indivíduo faça um exame de sangue, e também peça ao parceiro que o faça. A saúde vai além do sentimento de confiança. Os exames indicados são: anti-HIV para AIDS, VDRL para Sífilis, HBsAg e anti-HBs para Hepatite B.

3

Uso de drogas

Os usuários de drogas geralmente compartilham agulhas, seringas, o que possibilita a contaminação do vírus. Além disso, devido aos efeitos alucinógenos das drogas, o usuário pode ter ações de risco, como transar sem preservativo, por exemplo. Para evitar a contaminação, devem-se evitar quaisquer materiais e instrumentos como: lâminas, bisturis, agulhas e ampolas de vidro, de terceiros.

4

Gravidez e amamentação

Um excelente pré-natal pode evitar a contaminação do bebê através da amamentação ou no momento do parto. Após o nascimento, a mãe deverá ser informada pelo médico sobre os procedimentos adequados para impedir que seu filho se contamine.

5

Tatuagens e salões de beleza

Objetos perfurocortantes podem ocasionar a transmissão de doenças sexuais. Sendo assim, é essencial que os materiais usados nos salões de beleza ou em estúdios de tatuagem sejam descartáveis ou esterilizados.

Clique para ler mais e assistir ao vídeo
Ou então