5 monstrinhos de Pokémon Go que ficaram mais fracos após a atualização de novembro

O jogo passou recentemente por mudanças para que houvesse mais equilíbrio durante as batalhas.

Pokémon Go continua fazendo sucesso entre os fãs da franquia japonesa de monstrinhos. O jogo completou dois anos em 2018 e conta com uma nova geração de mascotes recém lançada. Acompanhando essa novidade, veio uma atualização referente aos Pokémons que já eram consolidados no jogo com a missão de balancear o sistema de batalhas do aplicativo. Alguns dos monstrinhos que passaram por essas mudanças acabaram ficando mais fracos e sofreram uma queda em sua usabilidade.

1

Blissey (Normal)

O maior peso pesado dos defensores de ginásio sofreu uma grande perda de status. Blissey perdeu 60 pontos em sua defesa, o que a faz menos resistente como guardiã de ginásios. Apesar disso ela continua sendo a melhor no quesito.

2

Snorlax (Normal)

Snorlax também teve uma perda considerável de status no jogo. O Pokémon do tipo normal era o segundo melhor defensor de ginásios, mas acabou perdendo esse posto para Metagross. Snorlax deixou de ter uma média de 190 pontos de defesa e passou a contar com 169.

3

Steelix (Metal/Terra)

A serpente metálica sofreu um golpe forte na perda de defesa, seu maior status. A evolução de Onyx contava com 333 pontos de defesa, que baixaram para 272. Como o Pokémon já contava com pouco HP essa mudança foi um prego em seu caixão como defensor de ginásios.

4

Aggron (Metal/Pedra)

O gigante metálico também contava com uma das maiores defesas do jogo, com 314 pontos, que agora caíram para 257. Aggron, apesar de ser resistente, conta com uma dupla fraqueza contra o tipo Lutador, que é comum no jogo.

5

Cloyster (Água/Gelo)

Apesar do tipo Gelo ser o pior elemento defensivo do jogo, Cloyster conseguia segurar sua vaga como defensor de ginásio em Pokémon Go. Isso deve mudar após a atualização, já que a concha perdeu esmagadores 67 pontos de defesa.

Clique para ler mais e assistir ao vídeo
Ou então