5 monstrinhos para evoluir por último com a Pedra de Sinnoh em Pokémon Go

O item evolutivo é um dos mais raros do jogo até agora e usá-lo requer sabedoria.

Com o lançamento dos jogos Let's Go: Pikachu e Let's Go: Eevee [VIDEO], a variação mobile da franquia recebeu algumas novidades. O que chama a atenção são as evoluções exclusivas de Pokémon que já estavam no jogo, como Rosélia e Rhydon. Porém, nem todas essas transformações contam com um grande poder de batalha e algumas delas devem ser deixadas de lado por não serem tão úteis no jogo.

1

Dusknoir (Fantasma)

O fantasma conta com um ataque menor que o de Gastly, que é um Pokémon básico. Mesmo possuindo a defesa como seu maior status, Dusknoir ainda ocupa a 19ª posição no jogo como defensor.

2

Gliscor (Terra/Voador)

Apesar da sua popularidade graças ao anime e a sua usabilidade no jogo principal da franquia, Gliscor sofreu com status baixos e uma coletânea de ataques nada favoráveis em Pokémon Go.

3

Porygon Z (Normal)

Uma das evoluções com o design mais chamativo da geração, infelizmente, não se consolidou nem como defensor e nem como um atacante que valha o investimento. Porygon Z até pode ter o Hyper Raio mais potente graças ao seu tipo Normal, mas esse ataque continua sendo um dos piores do jogo, apesar do dano que causa.

4

Mismagius (Fantasma)

Apesar de não ser completamente inútil no jogo, Mismagius perde para muitos Pokémon em seus melhores atributos. O fantasma é mais resistente que outros que compartilham de seu mesmo tipo, mas isso não foi o suficiente para que não fosse ofuscado.

5

Magmortar (Fogo)

Magmortar não teve a mesma sorte que sua contraparte, Electivire, que está entre um dos melhores atacantes do tipo elétrico. Ao invés disso, o Pokémon de fogo esbarrou na grande competição que já existia entre os atacantes de seu tipo.

Clique para ler mais e assistir ao vídeo
Ou então