Nesta quarta-feira (12), o Atlético Paranaense enfrentou o Júnior Barranquilla pelo jogo de volta da final da Copa Sul-Americana. A vitória nos pênaltis não apenas garantiu o primeiro título internacional para o Furacão, como também o fez escapar da lista dos times que chegaram à final e perderam o título.

Curiosamente, o desempenho de dois brasileiros vice-campeões do torneio Sul-Americano se opuseram à campanha das equipes no Brasileirão, quando mesmo sendo finalistas do segundo torneio mais importante da América do Sul, foram rebaixadas no campeonato nacional.

2009 - Fluminense

Após o Internacional no ano anterior ter sido o primeiro time brasileiro a vencer a competição, o Fluminense tentou repetir o feito em 2009. O adversário era a LDU do Equador, time que havia vencido o Tricolor na final da Libertadores de 2008 e por isso havia um gosto de revanche. Porém a derrota por 5 a 1 na altitude de Quito complicou a situação, que não conseguiu ser revertida com a vitória por 3 a 0 em casa.

2010 - Goiás

Em 2010 o Goiás ficou bem perto de sua maior conquista, curiosamente no mesmo ano que caiu para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, ao chegar na final da Sul-Americana. O adversário era nada menos que o Independiente da Argentina, mesmo assim, no primeiro jogo, disputado no Serra Dourada, o Esmeraldino fez 2 a 0, porém na volta os argentinos venceram por 3 a 1 e como na decisão não valia o gol fora para desempate, a decisão foi para os pênaltis, onde os goianos foram derrotados.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

2013 – Ponte Preta

Três anos depois, em 2013, foi a vez da Ponte Preta viver situação muito semelhante a do Goiás. Rebaixada no Brasileirão daquela temporada, a Macaca teve um argentino pela frente, no caso o Lanús, onde buscaria seu primeiro grande título em mais de 100 anos de fundação. O empate em 1 a 1 no Pacaembu – não pode jogar em Campinas por conta do regulamento -, tornou as coisas complicadas para o jogo da volta, na Argentina, onde os donos da casa venceram por 2 a 0. No caminho o time do interior de São Paulo deixou para trás o atual campeão São Paulo, além do Vélez Sarsfield, com direito a vitória na Argentina.

2017 – Flamengo

O Flamengo foi outro brasileiro a ter um argentino pela frente na decisão e perder. Algoz do Goiás sete anos antes, o Independiente foi o adversário do Flamengo. Na Argentina o Rubro-Negro perdeu por 2 a 1 e na volta, no estádio do Maracanã, não conseguiu ir além de um empate em 1 a 1.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo