5

Arouca - volante

Outro caso de racismo que ficou marcado no Santos foi com o volante Arouca, em 2014, diante do Mogi Mirim, quando o volante marcou um dos gols da goleada por 5 a 2 sobre o adversário no Campeonato Paulista, e com isso acabou sendo insultado de macaco pelos torcedores locais.