7 nomes do esporte que não se elegeram nas eleições municipais

Popó é um dos nomes do esporte que não conseguiu se eleger nas eleições 2020. (Arquivo Blasting News
Popó é um dos nomes do esporte que não conseguiu se eleger nas eleições 2020. (Arquivo Blasting News

Nomes como Popó, Maurren Maggi e Marcelinho Carioca não conseguem se eleger para vereador ou prefeito

Não perca as atualizações mais recentes
Clique nos tópicos de interesse e comece a segui-los. Nós vamos sempre te manter atualizado com as principais notícias.
clique para ver o vídeo
Bolsonaro diz que foi 'roubado' nas eleições de 2018
1

Popó Freitas

O ex-pugilista Acelino Popó Freitas, tetracampeão mundial de boxe por quatro categorias diferentes, se candidatou para vice-prefeito de Celsinho Cotrim, em Salvador, pelo Partido Republicano da Ordem Social (PROS), ficando apenas com 1.578 dos votos.

2

Marcelinho Carioca - futebol

Ídolo da torcida do Corinthians, o meia Marcelinho Carioca, do Partido Social Liberal (PSL), foi outro nome do esporte brasileiro que não conseguiu entrar para a Câmara Municipal de São Paulo, ao receber apenas 7.571 dos eleitores.

3

Maurren Maggi - atletismo

A atletista Maurren Maggi, campeã olímpica em 2008 na categoria salto em distância, foi outro grande nome do esporte brasileiro que não conseguiu entrar na política. A candidata a vereadora de São Paulo, pelo Democratas (DEM), conseguiu apenas 6.226 dos votos.

Siga a página Política
Seguir
Siga a página Eleições
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!