A Páscoa chegando e ovos com um preço elevado, as vezes fica difícil presentar todo mundo, uma coisa que pode ajudar bastante é a pesquisa. No disque economia, serviço disponível no site da prefeitura de Curitiba, você pode comparar os preços de um produto específico entre um mercado e outro e ver onde é mais vantajoso. De acordo com a pesquisa feita pelo serviço referente aos produtos de Páscoa, três mercados se destacaram. Em primeiro lugar, com 39 produtos mais em conta, está o supermercado Rio verde, em segundo, com 38 produtos está a rede Jacomar e em terceiro, com 36 produtos, está o Super Muffato. Para conferir toda a pesquisa o cidadão pode entrar no site da prefeitura e procurar pelos produtos desejados.

Outra forma de pesquisar é com o “menor preço”, serviço disponibilizado pelo nota Paraná, onde a pessoa procura pelo produto desejado e através das notas cadastradas confere em qual estabelecimento ele está mais em conta.

Melhor jeito de economizar

De acordo com o economista Carlos Mello o melhor é optar pela compra de chocolates em outros formatos, como as barras, que apresentam um custo benefício bem maior. Uma opção é fazer o próprio ovo em casa, com a ajuda de receitas que podem ser encontradas na internet, seja ele embrulhado como os do mercado ou de colher, pode-se fazer de um jeito mais personalizado de acordo com cada pessoa que pretende presentear. Para as crianças, que tendem a gostar dos brinquedos que vem dentro dos ovos, é sempre bom pesquisar em qual estabelecimento pode-se achar os ovos mais baratos, visto que em alguns casos a diferença é bem significativa.

“Temos ainda a opção de comprar na semana da páscoa, onde pela pressão de ainda não terem vendido seus estoques, as redes começam a fazer promoções e/ou baixar o valor dos ovos” Diz Mello.

Por que a diferença de preços

Mello diz que um dos aspectos que interfere nos preços dos mercados é que existem estabelecimentos que se direcionam a atender as classes A e B, as com maior poder aquisitivo, e que pela comodidade e ambiente oferecido estão dispostas a pagar mais pelo produto. Outro aspecto que ele sugere é o poder de barganha do estabelecimento comprador, “O Carrefour compra para o Brasil todo, assim sua pressão frente ao fornecedor por um preço menor é bem relevante e ele consegue vender por um preço inferior aos seus clientes” Diz Carlos Mello.

Esta matéria integra o projeto de extensão universitária de Centro Uninter [VIDEO] [VIDEO] [VIDEO] [VIDEO] em parceria com o Blasting News Brasil.