As mudanças de interesse em moradia da sociedade fazem com que o mercado imobiliário seja flexível, devendo se adequar aos novos parâmetros familiares. Uma tendência que vem crescendo nas grandes cidades é a busca por imóveis de um dormitório, resultando em um número expressivo de vendas. Os motivos para tal interesse são explicados por razões sociais e econômicas. Veja quais são as vantagens desse tipo de investimento:

Apartamentos de apenas um quarto geralmente são localizados em bairros de fácil acesso. Por isso, o custo do metro quadrado é maior, mas o valor final do imóvel costuma ser menor do que outros modelos com mais dormitórios.

Seja para quem deseja investir em locações ou para aqueles que desejam morar no apartamento, a vantagem é que o preço mais acessível facilita a compra do bem. Proprietários desse tipo de imóvel podem alugar o espaço sem grandes dificuldades, já que a região onde ele se encontra é mais valorizada. Já para quem pretende morar no imóvel, essa é a chance de adquirir a tão sonhada casa própria, principalmente para as classes D e E.

O perfil de comprador dos imóveis compactos:

O aumento de vendas de imóveis menores ocorre porque, ao contrário de anteriormente, não são apenas grandes famílias que almejam um lar fixo. O modelo compacto torna-se ideal para casais sem filhos, idosos, pessoas divorciadas, universitários ou solteiros que moram sozinhos. O potencial comprador prefere trocar a comodidade de viver em uma casa espaçosa para residir em um bairro mais nobre, mesmo que tenha menos espaço.

Os melhores vídeos do dia

As consequências de tais mudanças:

Com a visão do panorama atual, as construtoras atualizaram seus projetos e começaram a construir empreendimentos de acordo com esse novo modelo residencial. Para a arquitetura, é importante saber otimizar a área do imóvel, de modo que o apartamento proporcione conforto e bem-estar ao morador, mesmo que de forma compacta. A decoração do ambiente deve ser feita de modo bem planejado, escolhendo móveis inteligentes que não ocupem espaços de forma desnecessária. Uma boa opção para o morador é dar preferência a móveis planejados, que são produzidos conforme a área da planta.

Portanto, conclui-se que assim como em outros tipos de residência, é preciso analisar bem o imóvel antes de realizar a compra, tendo em vista o estilo de vida do morador a longo prazo. Não é apenas o preço que deve prevalecer na escolha final, mas também fatores de planejamento familiar.

#Negócios