O dólar encerrou o dia em alta nesta segunda-feira (26) e passou ser cotado em R$ 3,91, com avanço de 0,67%. O cenário de incerteza na economia e Política no Brasil influenciou no aumento da moeda dos EUA.Dólar opera em alta de 0,08% e fecha o dia R$ 3,87.Na parte da manhã, a moeda americana operou em queda, na menor sessão do dia chegou a bater R$ 3,82 com baixa de 1,65%.

No mês de outubro, a moeda norte-americana acumula queda de 1,23%. Em 2015, a valorização é de 47,32%.O especialista em câmbio da corretora Icap Italo Abucater, informou à Reuters: "O mercado está sem lote nenhum, a liquidez está muito ruim.

Qualquer cotação de saída provoca uma correção".

Os investidores evitam fazer grandes negócios com receio de seremsurpreendidos com a situação de indefinição econômica e política do Brasil. O Governo Federal divulgará nesta semana a previsão do déficit primário de 2015. O país está temeroso com a possibilidade de perder o selo de bom pagador para outras agências, como Standard Poor's.

Fim da greve: Bancários aceitam proposta e encerram movimento na segunda-feira

De acordo com Jaques Wagner, o ministro chefe da casa civil, ainda não está fechado o tamanho do déficit primário desse ano."A novela continua mas parece que o final vai ser triste", o operador de uma corretora internacional disse à Reuters.

Cenário internacional

O mercado externo reagiu com bom humor na queda do dólar pela manhã.O Banco Central dos Estados Unidos (Federal Reserve) anunciará nesta quarta-feira, a decisão de manter ou não as taxas de juros perto de zero. A economia global chinesa mostrou sinais de fraqueza, que reflete na recuperação econômica americana.

Com inflação em alta e desemprego, brasileiros começam a vender próprias roupas

O Banco Central continuou nesta manhã com o seu programa de interferência no câmbio, com vencimentos de rolagem dos swaps cambiais para novembro, com a oferta total de 10.275 contratos, com direito a recompra.Na véspera (sexta-feira), a moeda americana teve queda de 0,43% e foi vendida a R$ 3,89.

O dólar acumulou alta de 0,44% na semana passada. No mês, teve baixa de 1,88%, no ano, elevou 46%.

Não perca a nossa página no Facebook!