Assim que a conversa gravada de um grampo do atual presidente da República, Michel Temer, feita por um dos donos Grupo JBS, que pertence aos irmãos Joesley e Wesley Batista, veio à tona, revelando um grande esquema de propinas para lucro financeiro, o dólar subiu e a Bovespa despencou ao ponto de precisar momentaneamente ser interrompida no pregão de quinta-feira passada (18) por conta da volatilidade que deixou todo o mercado preocupado.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM, autarquia que regula o mercado de capitais no Brasil), no momento, está investigando se nesse caso o Grupo JBS teve algum tipo de benefício com todo o alvoroço causado pelo escândalo do grampo do presidente Temer.

O grupo que pertence aos irmãos Batista está na mira de no mínimo cinco processos de investigação que foi aberto na sexta-feira (19) pela CVM.

Os processos buscam apurar indícios de eventuais práticas do crime de insider trading, que significa que uma empresa ter dados ou informações que o privilegiam na compra e venda de ações. O que aconteceu, segundo algumas informações da imprensa do mercado financeiro, a J&F, a holding que controla o Grupo JBS, comprou, através de corretoras, uma imensa quantidade de dólares (o montante chega à casa de US$ 1 bilhão, o equivalente a R$ 3,27 bilhões) no mercado futuro, pouco tempo antes de a gravação de Joesley Batista ser divulgada.

Assim que a gravação da conversa de um dos donos do grupo JBS com Michel foi divulgada e a delação premiada para os empresários foi concedida, houve uma grande alta no valor da moeda norte-americana em relação ao real, que foi acima de 8% no mesmo dia que foram divulgadas a gravação. Isso não ocorria desde janeiro de 1999, quando houve uma maxidesvalorização do real.

Um mês antes, os executivos da empresa também venderam algo em torno de R$ 327,4 milhões em ações da JBS em seis dias. Logo depois, o grupo dos irmãos Batista comprou uma quantia de R$ 19,3 milhões em ações do próprio grupo, algo que gira em torno de 60% das ações que a própria empresa vendeu através dos seus controladores.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Corrupção

No sábado (20), o presidente Michel Temer, em comunicado, falou que os irmãos Batista e efetuaram o chamado “crime perfeito”.

Quais foram os crimes que estão sendo cometidos e quais seriam os benefícios ao grupo?

Assim que compraram dólares pouco antes de subir e fizeram a venda de ações que pertenciam ao próprio grupo pouco antes de os valores caírem, o grupo e seus proprietários, antes de serem beneficiados pela delação premiada, supostamente ganhariam dinheiro com tudo que aconteceria na Bolsas de Valores com a divulgação da gravação.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo