Atualmente, o Brasil é dominado por quatro grandes conglomerados de bancos: Banco do Brasil (predominantemente público), Bradesco, Itaú Unibanco e Banco Santander. Temos, ainda, a Caixa Econômica Federal - que é um banco restritamente público com alguns privilégios sobre produtos agrícolas, imobiliários e FGTS. Entretanto, a última não entra nos conglomerados por ter finalidade pública.

Conhecendo esta lista de bancos que dominam a economia brasileira, a revista Exame fez um levantamento sobre os principais resultados deles no país, revelando informações importantes sobre seus desempenhos e seus valores atuais de mercado.

Assim, você que é um futuro investidor pode aproveitar a disponibilidade destas informações para aprimorar seu conhecimento de mercado e efetivar a aplicação correta do seu dinheiro. Veja os resultados abaixo.

Banco Santander

Dentre todos os bancos envolvidos na pesquisa, o banco Santander é o único incluído na lista de perda patrimonial. A bolsa de valores do país estipulou a queda de 4,57% no valor de suas ações (indiferente se ordinárias ou preferenciais). Este resultado negativo deve-se a última compra astronômica (Banco HSBC) e também as novas mudanças que o banco vêm sofrendo, como o aumento do quadro de funcionários e as despesas com novas sedes do banco.

Ainda assim, o Santander é avaliado em 100 bilhões de reais e possui conformidade nos pagamentos das ações. Ou seja, com a queda abre-se um bom momento para aplicar nas ações deste banco.

Itau Unibanco

O banco Itaú é o mais bem colocado da lista. Tal fato é gerado pelo lucro bilionário divulgado nos últimos semestres que é suportado pela Política de crédito do banco: expansionista e inflacional. As ações vêm crescendo no mercado, ganhando liquidez e garantia de possibilidade quase zero de risco de crédito.

Em percentuais, as ações subiram 18% no acumulado do último período, enquanto o ganho de capital superou os 30 bilhões. Estima-se que a avaliação mercadológica deste banco seja de aproximadamente 237,5 bilhões.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil também vêm acumulando acréscimos em seu valor de capital e é avaliado em R$ 86,110 bilhões atualmente. As ações do banco aumentaram em 11% no acumulado do período.

Embora a inadimplência tenha contribuído para a diminuição dos lucros, os outros produtos do conglomerado compensaram os problemas gerando maior ganho de capital e, por consequência, aumento dos dividendos do semestre.

Bradesco

O Bradesco obteve um lucro aumentado em 27 milhões no período e, por consequência, o valor das ações subiram cerca 16% no acumulado. O banco tem enfatizado os financiamentos de veículos e o crédito fácil.

Então, é isso. Agora que você já viu os dados econômicos atuais dos maiores bancos do país, aproveite para o sobre o FGTS na caixa econômica federal (talvez você seja público alvo do valor a ser retirado) e também o benefício PISPASEP.

Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!