É comum que muitas pessoas que decidam se aventurar no mercado de ações fiquem se perguntando Qual é a melhor ação para ser comprada. O fato é que escolher a melhor ação na Bolsa de Valores não é uma tarefa tão simples. É preciso que o investidor faça um certo planejamento e esteja disposto a correr riscos.

O mercado de ações é variável, uma ação que hoje está custando R$ 10,00 pode custar R$ 50,00 no final do ano. Porém, pode acontecer do investidor comprar uma determinada ação por R$ 10,00 e no final do ano ela pode estar valendo centavos.

São coisas que realmente podem acontecer, como, aconteceu com o império X, do empresário Eike Batista. As ações da OGX chegaram a valer R$ 60,00 e depois de um período passaram a valer centavos. Por esse motivo é muito importante que as pessoas que desejam ingressar nesse mercado façam uma análise minuciosa do quanto estão dispostas a investir.

Não é aconselhável para os menos experientes a compra de ações usando recursos que essa pessoa precisará no curto prazo. O ideal é investir um dinheiro visando lucro no longo prazo.

Existem muitas corretoras que semanalmente ou mensalmente fazem recomendações de compras de ações baseadas em uma análise da empresa.

De acordo com o site InfoMoney, a equipe da JP Morgan fez uma análise cuidadosa da empresa Estácio. Essa empresa pode ser adquirida na Bolsa de Valores por intermédio de uma corretora que o investidor escolherá para intermediar seus investimentos. O código da Estácio na Bolsa de Valores é ESTC3.

A equipe da JP Morgan elevou o grau de recomendação para a compra dessa ação. De acordo com a análise deles, o preço-alvo da ação, que hoje custa R$ 23,17, foi elevado para R$ 27,00 até o final do ano. Isso geraria um lucro para o comprador superior a 20% em um período inferior a cinco meses.

Vale lembrar que o preço-alvo não é garantia de que esse valor será alcançado, mas, é uma estimativa realizada por uma equipe de profissionais treinados e competentes nessa área.

Por se tratar de uma estimativa, o investidor deverá aplicar os seus recursos com muita sabedoria.

As oscilações dos preços das ações dependem de vários fatores e alguns acontecimentos na empresa podem fazer com que essas projeções se concretizem, que o preço-alvo não seja alcançado ou, até mesmo o ‘’pior’’, pode acontecer é a desvalorização da ação.

Para investir em ações é preciso ter sangue frio, pois, se o investidor decidir vender as ações quando elas estão na baixa, ele pode acabar perdendo parte do dinheiro investido.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante para a nossa equipe e sempre ajuda no diálogo.

Não perca a nossa página no Facebook!