Estar endividado é a realidade de muitos brasileiros e quase sempre o que é uma pequena dívida fácil de ser resolvida é adiada, resultando em juros e em outras praticas desesperadas, que, por sua vez, resultam em uma enorme bola de neve, prejudicando a paz do endividado e aumentando a sua angústia perante a situação. Muitos não tem ideia de como a sua vida financeira chegou a tal ponto e continuam nas práticas incorretas procurando sanar as dividas.

Confira abaixo oque você pode estar fazendo de errado

1- Não pagar contas essenciais

Pagar as contas essenciais como água, luz, telefone, internet e impostos, como o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor) deixa o endividado com segurança, uma vez que não vá sofrer com a falta de serviços básicos.

Deixar de pagar esse tipo de conta para pagar uma dívida mais alta vai lhe causar um grande transtorno. Uma dica válida é cancelar assinatura de canais pagos, serviços de telefonia móvel, diminuir o consumo de luz e deixar de lado gastos com lazer.

2- Usar créditos oferecidos instantaneamente

A facilidade em adquirir créditos instantâneos faz com que pessoas se endividem com facilidade, créditos pré-aprovados resultam em juros altíssimos, que vão pesar no orçamento. O cheque especial oferecido por muitos bancos é um exemplo. Prefira conseguir renda vendendo algo ou prestando algum serviço, é o correto e não envolve os temidos juros.

3- Continuar investindo em algo quando está falido em dívidas

Os investimentos com retornos a longo prazo não são a melhor opção para um endividado que precisa cortar gastos e dar prioridade ao pagamento de dívidas.

O investimento vai render menos que o valor dos juros da dívida e, com o passar do tempo, só tende a piorar. Sacar o dinheiro do investimento pode ser melhor que pegar um empréstimo. Parar de investir é o melhor a se fazer.

4- Arriscar o pouco que tem em ideias mirabolantes

O Brasil é um país onde se encontra muitas ideias com a promessa de revolucionar a sua conta bancária, golpes, apostas e até mesmo esquemas de pirâmides financeiras só vão fazê-lo gastar oque não pode.

Ter o pé no chão e priorizar o pagamento das dívidas é o ideal sempre.

5- Acreditar na promessa ‘ limpe o seu nome sem pagar a dívida’

Há pessoas que acreditam nessa promessa abrindo espaço para golpistas se aproveitarem. Através dessa promessa é vendido um material que supostamente vai resolver o problema com a dívida. Esse meio ilegal sempre resulta em danos financeiro e, consequentemente, deixa o endividado mais angustiado.

Siga as suas paixões.
Fique atualizado.

Não caia nesses golpes. Uma maneira efetiva para acabar de vez com determinada dívida são as renegociações oferecidas por varias instituições. Pergunte e fique informado sobre renegociações e consiga descontos fabulosos. Tentar pegar atalhos sem garantia é a pior coisa que um endividado pode fazer. Por isso, é recomendado que as pessoas sempre fique atentas, economizar e planejar é sempre a melhor solução.

Não perca a nossa página no Facebook!