O governo brasileiro, por meio do Ministério do Desenvolvimento, liberou nesta quinta-feira, dia 19 de outubro, o quarto lote de pagamentos para os trabalhadores que exerceram atividade remunerada no ano de 2016.

O pagamento desta vez está liberado para trabalhadores que cumprirem alguns requisitos e que tenham nascidos no mês de outubro. O valor do benefício a ser sacado pelo trabalhador varia de acordo com os valores que estavam sendo balisados no contrato de trabalho do cidadão. O valor varia hoje de R$ 79,00 a R$ 937,00, que corresponde a um salário mínimo vigente no Brasil.

Os trabalhadores que nasceram nos meses de julho, agosto e setembro já tiveram seus recursos do programa liberados em data anterior, entretanto se os mesmos ainda não sacaram suas quantias podem ficar tranquilos que o dinheiro não será bloqueado.

Assim como os trabalhadores da iniciativa privada que têm o direito de receber ao PIS, os servidores públicos recebem o Pasep. Hoje aqueles servidores que têm o número de inscrição no Pasep terminado no dígito 3 têm direito de receber a partir desta quinta-feira, 19.

Os trabalhadores com vínculo estatal com inscrição terminada em "0", "1", "2", já tiveram seus valores liberados e podem continuar com o saque se ainda não o fizeram.

Fique atento

Esses recursos mencionados acima ficaram disponíveis até a data de 29 de julho de 2018, segundo informações do Ministério.

Quem tem direito ao abono?

1 - Quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias durante o ano de 2016.

2 - Tenha ganho no máximo 2 salários mínimos em média por mês.

3 - Esteja obrigatoriamente inscrito no programa PIS/Pasep há pelo menos 5 anos.

4 - A empresa vinculada ao trabalhador deve ter informado corretamente todos os dados do empregado para o dinheiro ser corretamente depositado.

Tenho direito ao dinheiro?

Se você tem dúvidas se tem ou não direito e quer saber se você tem algum valor disponível em seu nome, fique ligado.

O Governo brasileiro oferece alguns canais de atendimento para que o trabalhador possa tirar dúvidas e obter informações mais precisas.

Trabalhador de empresa privada: neste caso você é vinculado ao PIS e quem administra seu dinheiro é a Caixa Econômica Federal. Informações podem ser obtidas pelo site do banco, pelo 0800 ou mesmo através do telefone do Ministério do Trabalho do governo brasileiro.

Funcionário público: se este for seu caso, você é filiado ao Pasep, e seu dinheiro é administrado peloe Banco do Brasil. Busque informações pelos canais de atendimento da instituição.

Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!