Nesta segunda-feira (6), começa o Feirão Limpa Nome da Serasa, que dá a oportunidade aos consumidores inadimplentes renegociarem e pagarem suas dívidas em atraso. De acordo a Serasa, o número de pessoas com contas em atraso aumentou 1,5% de setembro de 2016 a setembro de 2017, ou seja, são cerca de 60 milhões de consumidores com contas atrasadas.

Se somar as dívidas dessas pessoas, chega-se ao valor alarmante de R$ 267,5 bilhões. A maior parte das dívidas é conta do cartão de crédito e débitos bancários.

Em seguida, aparecem contas de luz, água, gás, lojas de varejo, telefone, serviços e empréstimos. O valor médio devido por cada Inadimplente gira em torno de R$ 4,42 mil.

O Feirão Limpa Nome da Serasa acontecerá somente pela internet. Os consumidores que estão inadimplentes deverão verificar se as empresas credoras, para as quais devem pagar suas dívidas, estão participando do programa. Ao confirmar que estão, devem renegociar suas contas em atraso diretamente com essas empresas.

As negociações serão feitas online, por e-mail, chat ou telefone e vão até o dia 30 de novembro.

Ainda não há previsão para o versão presencial da feira da Serasa.

Como negociar as dívidas?

Algumas dicas que a Serasa dispõe para pagar os débitos são: saber o valor da parcela que cabe no orçamento do consumidor e utilizar o 13º salário para aliviar as parcelas. Nesse sentido, o brasileiro inadimplente deve fazer as contas das despesas da família e somar com as contas das dívidas assumidas. Assim terá uma noção real do valor que poderá negociar.

Segundo Raphael Salmi, diretor de Estratégia e Gestão da Serasa, o consumidor deve aproveitar a oportunidade de limpar o nome e negociar com parcelas que caibam em seu bolso. Acrescenta ainda que para quem possui o benefício de receber o 13º salário que é importante priorizar o pagamento das dívidas.

Já para quem possui débitos com a Caixa Econômica Federal, as renegociações vão de 6 de novembro até 30 de dezembro.

É necessário comparecer pessoalmente em uma agência da Caixa e levar o CPF e a carteira de identidade. Tanto pessoa jurídica quanto pessoa física podem renegociar suas dívidas.

No entanto, é necessário analisar o contrato da empresa ou da pessoa física para saber se está incluso no programa da Serasa. Somente as agências da Caixa de São Paulo estão participando. Para saber se está inadimplente, basta entrar no site da Serasa e digitar o CPF.

Não perca a nossa página no Facebook!