Controlar gastos, pagar todas as contas e ainda ter um dinheirinho guardado no final do mês? estabilidade financeira é o sonho de qualquer pessoa! Apesar de não parecer fácil, organizar o seu Orçamento é possível e pode ser bem simples se você dedicar um pouco do seu tempo a essa tarefa.

Há algumas dicas que podem te ajudar (e muito) a planejar e a organizar as suas finanças. Vamos falar um pouco sobre elas?

1. Entenda os seus gastos

É muito importante que você entenda para onde vai o seu dinheiro.

Aplicativos de controle de finanças podem ser grandes aliados nesse momento, te ajudando a registrar e organizar os seus gastos de forma prática. O DB Classic, o Mobills e o Organizzesão alguns exemplos de programas para celular que podem te mostrar com o quê você está gastando mais.

2. Estabelecendo metas: planeje o seu mês

Após compreender os seus gastos, será possível estabelecer metas para eles. Uma dica que pode te ajudar bastante é separar esses gastos por categorias e definir a porcentagem da sua renda que pode ser direcionada paral cada uma delas.

Por exemplo, você pode definir quanto, por mês, gastará com alimentação, transporte e lazer.

3. Defina seus objetivos

O que você mais gostaria de fazer com o seu dinheiro? Ter um bom plano que envolva os seus sonhos pode te motivar a poupar quantias significativas, evitando gastos desnecessários. Saber quais são as suas prioridades é essencial para que você invista no que realmente te faz feliz.

4. Seja pontual: pague todas as contas de uma vez

Adiar o pagamento das suas contas pode sair mais caro do que você imagina. Embora seja mais difícil nos primeiros meses, pagar todas as contas no mesmo dia é uma forma de deixar para o resto do mês apenas o seu orçamento real. Além de mostrar com clareza os seus limites financeiros, evitando que você os ultrapasse, essa medida também pode ajudar a evitar que você pague juros por atraso.

5. Não use apenas a conta-corrente

Deixar todo o seu dinheiro na conta-corrente pode te levar a gastos excessivos. Muitas vezes, ofertas tentadoras nos levam a usar aquele dinheirinho que poderia sobrar, ajudar no futuro ou colaborar para a realização de um sonho. Alguns especialistas recomendam que guardemos 10% de todos os nossos ganhos na poupança, mas esse valor pode variar de acordo com a realidade de cada um. O importante é poupar! Manter uma reserva irá te trazer segurança financeira e pode te ajudar a alcançar os seus objetivos.

Gostou das dicas? Agora que você já sabe como controlar os seus gastos ficará fácil organizar a sua vida financeira.

Passar aperto? Nunca mais!

Não perca a nossa página no Facebook!