O #Orçamento planejado para o ano de #2018 já foi devidamente aprovado nessa última quarta-feira (13) pelo Congresso Nacional brasileiro. De acordo com a previsão, o #Salário mínimo do ano de 2018 terá o valor de R$ 965,00. Esse novo salário ultrapassa o vigente (que é de 937,00) em 28,00 reais. Essa lei aguarda a sanção do então atual presidente da republica, Michel Temer. O valor que foi assentado para o salário mínimo é um pouco abaixo do que foi previsto [VIDEO] na Lei de Diretrizes Orçamentárias, o LDO. Esse referido valor cogitado bem antes era de R$ 969,00. O novo valor mínimo está dividindo opiniões, já que alguns se animaram com o novo valor e outros não concordaram com o oferecido.

A mudança aconteceu porque foi baseada em uma previsão de inflação menor [VIDEO] para este ano. Inflação essa que foi utilizada no calculo do mínimo. O salário do brasileiro é estimado pegando como base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INCP) , sendo considero apenas o do exercício anterior. O salário mínimo também é estimado de acordo com o Produto Interno Bruto, famoso PIB. Porém, esse só pode ser usado para fins de cálculo se for de dois anos anteriores.

Esse orçamento recém aprovado também já prevê a existência de um déficit, classificado como primário, menor para o ano que está vindo. A meta estabelecida considera um rombo de 159 bilhões para o governo central, que engloba a Previdência Nacional, Tesouro e o Banco Central. O deputado conhecido como Cacá Leão, do estado da Bahia, deixou claro que o governo deseja chegar ao final do ano com um resultado mais baixo.

O estimado é de R$ 157,00 bilhões.

Para chegar a uma conclusão sobre os valores já citados, o relator dessa matéria considerou que existirá um maior crescimento da economia do país em 2018. Esse crescimento é até maior do que o aguardado pela administração superior ao enviar a proposta para ser analisada pelo congresso nacional.

Logo, foi possível constatar que não haverá um aumento de apenas dois por cento nas atividades de caráter econômico do ano de 2018, mas sim de 2,5%, de acordo com o considerado pelo orçamento debatido.

Portanto, as estimativas apontam para um aumento da receita. Esse aumento está em torno de R$ 4,9 bilhões de reais. Dessa quantia total, aproximadamente dois milhões foram designados para o cumprimento de metas fiscais. Mais informações também deixam claro que seria possível a destinação de rendas para outros fins.