Os trabalhadores que têm direito ao recebimento do abono salarial PIS/Pasep que tem como base o ano de 2015 precisam correr para conseguir sacar o dinheiro. Isso porque o prazo para a retirada dos valores será encerrado nesta quinta-feira (28). De acordo com levantamento realizado pelo Ministério do Trabalho, aproximadamente 5,8% dos beneficiários ainda não haviam feito o saque do dinheiro. Os dados foram levantados no final do mês de novembro. Cerca de 1,4 milhão de pessoas ainda não retiraram o benefício.

As pessoas que trabalham no setor privado são cadastradas no PIS. Para conseguir efetuar o saque dos valores, será necessário procurar as agências da CEF (Caixa Econômica Federal). Uma outra opção para os cadastrados no PIS é poder realizar o saque do benefício em uma agência das casas lotéricas. Já para os trabalhadores do setor público, o vínculo é com o Pasep. Para fazer o saque do dinheiro é necessário procurar uma agência do Banco do Brasil.

Porém, os trabalhadores precisam observar se preenchem todos os requisitos para poder fazer jus ao benefício.

O abono somente é pago para aqueles que já estão inscritos no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos. Também é necessário que a pessoa tenha trabalhado com registro em carteira por no mínimo 30 dias, tendo como referência o ano de 2015.

O trabalhador não pode ter recebido mais do que dois salários mínimos mensais. A empresa onde a pessoa prestou serviço também precisa ter feito o envio correto dos dados do trabalhador através da Rais (Relação Anual de Informações Sociais).

A pessoa que tiver direito ao benefício vai receber de maneira proporcional, isto é, o cálculo é feito proporcionalmente ao período trabalhado.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Governo

Caso o empregado tenha prestado serviço durante todo ano, o benefício será pago integralmente. No entanto, se o trabalhador tiver trabalhado apenas um mês durante o ano-base, fará jus ao recebimento de 1/12, dois meses 2/12 e assim sucessivamente. O benefício é pago com base no salário mínimo vigente e os pagamentos podem variar entre R$ 79 e R$ 937.

Como saber se tenho direito ao benefício

Para o trabalhador verificar se tem direito ao recebimento do abono salarial, pode conferir através do site do Ministério do Trabalho.

Para isso é necessário ter o número do CPF ou o número de inscrição do PIS/Pasep e também a data de aniversário para que se possa fazer a consulta. Além do portal no Ministério do Trabalho, também é possível consultar na Central de Atendimento telefônico, através do número 158.

Vale ressaltar que esta quinta-feira (28) é o último dia para retirada do benefício. Caso o trabalhador não saque o dinheiro, os valores retornarão aos cofres públicos, não sendo mais possível retirar o benefício.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo