Após ganhar como presente da avó a quantia de U$ 1.000,00 quando tinha 12 anos, Erik Finman, dependente dos pais e sem compromissos financeiros achou por bem investir a grana na moeda virtual, Bitcoin, e deu tão certo que se fez milionário aos 18 anos de idade e hoje, aos 19, se dedica, por meio das redes sociais, a ensinar outros jovens como ele a fazer o mesmo. Dono de uma fortuna avaliada em US$ 4,4 milhões, declarou à revista Forbes [VIDEO] que foi seu interesse e habilidade para a política que o fizeram se interessa por Bitcoins.

Diferente de tudo que já apareceu até aqui

Bitcoin é uma moeda, digamos, invisível. São as criptomoedas ou valores eletrônicos produzidos em computadores habilitados a registrar as transações referentes a esses valores, através de um processo denominado "mineração". Após cadastrar-se, o interessado recebe um código com letras e números (o endereço). A identidade do comprador fica no anonimato, mas as compras que ele realizar não podem mais ser desfeitas. Já se pode adquirir produtos ou serviços em âmbito mundial utilizando valores em Bitcoins.

Sua cotação segue as regras usuais do mercado financeiro: quanto maior a demanda, maior a cotação. No ano passado uma explosão de interesse pelas criptomoedas fê-las valorizar 1.400%, atingindo a maior cotação da história: 19,3 mil dólares

Exibição material acaba com as dúvidas

Ele adora mostrar, pelas redes, os luxos de sua vida de milionário para acabar de vez com as dúvida e comentários de que Bitcoins não são uma coisa real.

Ele diz: “Bitcoin é tão real quanto o dinheiro Fiat (moeda fiduciária que não tem nenhum valor intrínseco. Seu valor advém da confiança que as pessoas têm em quem emitiu o título. Exemplo: cheques; ordem de pagamento; títulos de crédito, entre outros) exceto que o Bitcoin não pode ser emitido sem parar”.

Conselho crucial para os jovens

“Encontre algo em que você é bom e ache uma maneira de ganhar dinheiro fazendo isso.

Este é o meu conselho crucial para todos os jovens. Estabeleça um fundo de renda extra que permitirá que você comece a investir mais cedo”, aconselhou o milionário. Segundo ele ainda, o Bitcoin é uma das formas mais rápidas de os jovens se tronarem ricos e ele mesmo é um exemplo de como os jovens conseguem rapidamente mudar as classes econômicas. Sua frase de impacto é: “se você não se tornar um milionário nos próximos 10 anos, a culpa é sua”.

O momento é agora

Seguindo Finman é este o momento de comprar Bitcoins dada a baixa acumulada de 6%. Há, segundo ele muito espaço para crescer porque o mercado de criptomoedas está ainda pequeno. Mesmo assim, não é recomendável jogar todo o dinheiro no investimento; não devem agir como ele quando tinha apenas 12 anos. Como o dinheiro fora um presente da avó e ele tinha os pais que dele cuidavam; a perda, caso ocorresse não seria sentida.

É diferente de alguém que depende do dinheiro que ganha para manter a si próprio. Então é ir com calma e esperar o momento certo para fazer o investimento.

Não perca a nossa página no Facebook!