A medida que vai ficando mais velho as responsabilidades só parecem aumentar. Ao chegar aos 30 anos, provavelmente não estará mais morando com os pais, e terá muito mais responsabilidades financeiras que podem complicar sua vida, caso não tenha um planejamento.

O educador financeiro Thiago Nigro e o professor Ricardo Rocha, do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), listaram alguns dos hábitos financeiros que você tem que adotar até os 30 anos. Veja:

Saiba o que acontece

A maioria das pessoas com 30 anos ou menos não sabe o que acontece com o seu dinheiro, sem ter nenhum controle da quantia que gasta mensalmente ou o que sobra.

Sendo assim, Thiago Nigro sugere que crie uma planilha para fazer um controle financeiro.

Segundo ele, fazer uma planilha é algo que faz a maioria das pessoas refletir e ter um verdadeiro choque de realidade. Depois de criar a planilha, é possível ver quais despesas podem ser evitadas, como fazer alguns programas em casa ao invés de sair de casa, podendo até perceber que pode se mudar e pagar um aluguel mais em conta.

Fazer uma reserva para casos extremos

Você nunca poderá saber com muita antecedência se será demitido, ou se ficará doente.

Portanto, é importante que você crie um fundo de reversa que só possa ser utilizado em casos extremos. Segundo o professor Ricardo Rocha, o ideal é que o fundo de emergência seja equivalente a seis meses do salário.

Assim, se ganha R$ 5.000 por mês, você deve ter uma reserva de R$ 30.000. Isso fará com que, se for demitido do trabalho, terá como sobreviver alguns meses antes que encontre um novo emprego.

Saiba o que vai fazer

É importante que crie o costume de estabelecer metas para o salário, pois sem ter um objetivo em mente você não saberá a quantia a ser economizada e como irá investir.

Saber quanto vai poupar

Não é recomendado que estabeleça um valor exato para economizar a cada mês, mas, sim, uma porcentagem. Isso faz com que no mês que você conseguir ganhar mais, irá poupar um montante maior. Se você decidir economizar 5%, 10% ou até mesmo 20% do salário, é importante que este dinheiro seja separado logo após receber o pagamento.

Rocha afirma que economizar uma porcentagem do dinheiro mensal não significa sofrer privações, mas requer muita disciplina com o objetivo. Por exemplo, se quer fazer uma viagem para exterior dentro de dois anos, é possível que tenha que abrir mão de alguma outra viagem mais barata que também queria fazer.

Aprenda a investir

Só poupar não chega ser o suficiente para ter uma vida financeira saudável, é preciso que você aprenda onde aplicará o dinheiro. Isso é muito importante para que o dinheiro venha a ter um bom rendimento sobre o valor que foi poupado.

Não perca a nossa página no Facebook!