A maioria das pessoas têm uma ideia errada do que seja independência financeira, achando que se trata de ter um bom salário, instabilidade no emprego e ser independente de outras pessoas. Para muitos brasileiros, quem consegue isso pode ser considerado como bem-sucedido, mas quando se trata de independência financeira, não é bem assim.

Uma verdadeira independência financeira é quando o dinheiro passa a trabalhar para o seu dono, fazendo com que ele pague suas contas e ainda sobre dinheiro para outras coisas, sem que você faça muito esforço, apenas invista.

Chegar a esse nível não é fácil, sendo necessário muita disciplina, mas pode ser alcançado por qualquer pessoa, através de muita dedicação.

Se você sonha em conquistar a independência financeira, veja abaixo algumas dicas que lhe ajudarão a chegar no seu objetivo.

Saiba como quer viver

Para começar, você deve visualizar o padrão de vida que deseja ter daqui a alguns anos, para então chegar no valor que deverá poupar mensalmente. O dinheiro poupado deve ser imediatamente aplicado em algum investimento, para que o dinheiro possa render.

O ideal é acumular um capital que renda o dobro do que você deseja retirar mensalmente quando conseguir a independência. Por exemplo, se você quer retirar mensalmente R$ 3 mil, devera ter um investimento que renda R$ 6 mil por mês, assim, quando você retirar a metade do valor, a outra metade continuará rendendo dinheiro para você.

Corte agora para ter no futuro

Caso o seu orçamento seja apertado e você não possa economizar com facilidade, passe a cortar os gastos com as coisas mais desnecessárias.

Faça um controle financeiro e veja as coisas com as quais você consegue viver sem elas, e ver quais hábitos terá que mudar para conseguir poupar e conquistar um bom padrão de vida.

Não gaste mais do que ganha

Essa dica pode ser considerada a verdadeira chave para atingir o sucesso financeiro. Gastar menos do que ganha significa que você terá que evitar ao máximo fazer dividas, principalmente para comprar coisas desnecessárias.

Se necessário, considere a ideia de criar uma renda extra.

Poupar pelo menos 10%

Para se ter uma vida financeira mais saudável no seu futuro, você deve poupar no mínimo 10% da sua renda liquida. Por exemplo, se a sua renda mensal é de R$ 3 mil mensais, você deve arrumar um jeito de se virar com R$ 2700, pois os outros R$ 300 serão destinados para investimento. Você deve separar o dinheiro logo após recebe-lo, pois assim evitará que ele seja gasto com outras coisas.

Tenha inteligência financeira

A inteligência financeira é percebida quando você usa seu credito a seu favor. Por exemplo, você economizou bastante para comprar um carro novo a vista, mas seria bem mais inteligente financeiramente se você usar o dinheiro para comprar uma sala comercial, e com o que receberá do aluguel, você paga a parcela do sonhado carro novo, então quando terminar de pagar o carro, você terá também uma sala comercial lhe gerando renda.

Não perca a nossa página no Facebook!