É muito comum encontrar pessoas cheias de dúvidas sobre como escolher um bom Plano de Saúde e principalmente sobre como economizar na hora da escolha. Certamente se trata de um assunto extremamente delicado e que existem muitas dúvidas que precisam ser esclarecidas antes de contratar um plano de saúde.

Sem dúvida, o primeiro passo para iniciar bem essa jornada, é procurar por uma corretora de seguros. Uma boa corretora terá funcionários treinados para oferecer as informações mais importantes e relevantes de cada plano e ajudar a entender a diferença entre as modalidades existentes.

Publicidade

Dessa forma, estará muito mais seguro e consciente na hora de escolher aquele que é, de fato, o ideal. Confira neste artigo, algumas dicas que podem ajudar nessa hora.

Veja a seguir, as nove dicas para economizar na hora de contratar um plano de saúde:

1 - Planeje

O primeiro ponto é fazer as contas e entender quanto do seu orçamento estará disponível para arcar com o custo mensal do plano. Dessa forma, evita-se ter dificuldades na hora de pagar. Seja realista e faça contato com o corretor tendo em mente qual é o seu orçamento máximo para a aquisição do plano de saúde.

2 - Compare e pesquise

Somente após realizar orçamento em várias operadoras e estar ciente do diferencial de cada uma delas será possível analisar os prós e contras de cada uma e decidir qual das opções apresenta melhor custo benefício para você e sua família ou empresa. Lembre-se que não basta somente ser o mais barato. Antes disso, ele deve se adequar as suas necessidades.

3 - Analise também a possibilidade de um plano de saúde coparticipativo

Na hora de contratar um plano, vale a pena analisar se um plano coparticipativo é interessante e adequado para.

Publicidade

Nesse tipo de contrato, o usuário paga um pequeno valor por cada procedimento realizado. Dessa forma, esse pagamento extra é feito somente quando o beneficiário utiliza alguns dos serviços oferecidos pelo plano. Com isso, o valor mensal é sempre menor.

Se você utiliza os serviços de plano de saúde apenas com médicos e exames de rotina e eventuais necessidades de pronto socorro, pode ser uma alternativa muito interessante. Mais uma observação sobre isso é que na maioria dos casos os valores cobrados são bem reduzidos.

4 - Analise os tipos de planos

Se tem possibilidades de aderir a um plano através da empresa ou sindicato, saiba que essa certamente será uma das opções mais baratas. Isso porque nestes casos o número de pessoas que adere ao plano é bem mais expressivo, o que assegura descontos e condições especiais oferecidas pelas operadoras.

Então, quando for pesquisar um novo plano de saúde, inclua na cotação o pedido de planos empresariais e através de sindicados. Mas lembre-se: ser mais barato não significa ser o melhor. Avalie sempre todos os pontos importantes e necessários para você antes da contratação de um plano.

Publicidade

5 - Acomodação apartamento ou enfermaria?

Felizmente, na maioria dos casos, as pessoas não ficam internadas com tanta frequência e pode ser uma boa opção aderir ao plano enfermaria como forma de economizar ainda mais. Atualmente, acomodação enfermaria costuma acomodar dois pacientes por quarto e, apesar de não dar direito a um acompanhante, o paciente poderá receber visitas em horários pré-determinados.

O quarto individual encarece o valor mensal do plano. Se você não usa com tanta frequência assim, pode ser uma boa alternativa para baixar ainda mais o valor do plano. Saiba que na maioria dos hospitais poderá negociar e pagar um diferencial de acomodação durante o período de internação e, assim, ficar em uma acomodação particular, se julgar necessário.

6 - Cobertura ideal

Se viaja bastante, uma cobertura regional pode não ser o suficiente. Dessa forma, analise a frequência e o destino de suas viagens e considere pagar um plano de cobertura nacional ou internacional.

Leia também:

7 dicas na hora de escolher um plano de saúde

Você já pensou sobre quando se deve fazer um seguro de vida?