Todo empreendimento requer aporte de capital para custear os investimentos em imóveis, máquinas e equipamentos, reformas, ampliações, programas de exportação e capital de giro. As grandes empresas, na maioria das vezes, possuem maior capacidade de investimento, seja pela utilização de recursos próprios ou através de diversos canais de financiamento, devido ao acesso que seu porte e posicionamento no mercado propiciam.

Já as micro, pequenas e médias empresas (MPME), devido ao patrimônio reduzido e à frágil relação com o mercado pelo ponto de vista dos agentes financeiros, não possuem lastro que garantam o levantamento de empréstimos, e tão pouco recursos próprios suficientes e disponíveis para realizarem os projetos.

BNDES ou Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social

Uma das saídas aqui no Brasil tem sido as linhas de crédito do BNDES destinadas a esse importante setor da economia.

O BNDES ou Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, possui diversas modalidades de crédito para todas os tipos e porte de empresas. Vale consultar e entender melhor para aproveitar todo o apoio que essa instituição pública federal fundada em 1952 e que hoje é um dos maiores bancos de desenvolvimento do mundo, e atua em diversos setores como infraestrutura, agropecuária, cultura, indústria, comércio, serviço, exportação, inovação, meio ambiente e desenvolvimento regional e territorial.

Para quem tiver interesse e estiver em São Paulo, o BNDES irá realizar uma palestra para apresentar as principais linhas de financiamento. Veja detalhes e faça sua inscrição através da publicação abaixo.

Canal do Desenvolvedor MPME

Uma das mais novas ferramentas para facilitar o acesso às linhas de financiamento do BNDES é o Canal do Desenvolvedor MPME, que facilita o acesso ao crédito através de agentes operadores, que são instituições que autorizadas pelo BNDES a repassar os recursos de financiamento a terceiros.

É possível iniciar o processo de levantamento de capital respondendo a umas poucas perguntas sobre o empreendedor e a empresa, permitindo a escolha entre diferentes tipos de investimento e o agente com quem a organização pretende fazer negócio, contribuindo para superar importantes barreiras no acesso dos pequenos negócios ao crédito. Esse canal de financiamento é apenas para pessoas jurídicas com faturamento anual de até R$ 300 milhões ou mesmo pessoas físicas produtores rurais ou transportadores de carga autônomos.

O Canal do Desenvolvedor MPME apresenta diversas vantagens ao empresário, como agilidade na solicitação do financiamento, transparência, ampla rede de agentes financeiros, verificação cadastral prévia e acompanhamento, aumentando as chances de aprovação do crédito.

Outros tipos de financiamento

Além dos Canal do Desenvolvedor, outras importantes formas de financiar os empreendimentos estão disponíveis, como o Microcrédito, que é a concessão de empréstimos de pequeno valor a microempreendedores formais e informais, normalmente sem acesso ao sistema financeiro tradicional.

Os recursos desse tipo de crédito são destinados principalmente para financiar o capital de giro ou para investimentos produtivos fixos como obras civis, compra de máquinas e equipamentos novos e usados, e compra de insumos e materiais.

É possível levantar financiamentos também através de patrocínios, fundos de investimento e muitas outras modalidades. O BNDES está sempre pensando no apoio aos empreendedores de todos os portes, inclusive pessoas físicas, na realização de seus planos de modernização, de expansão e na concretização de novos negócios, tendo sempre em vista o potencial de geração de empregos, renda e de inclusão social para o país.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo