É de consenso geral que o recebimento de dinheiro lícito por parte da população escolhida com base em critérios do Governo Federal é sempre uma notícia mais do que bem-vinda. Principalmente por ocasião do quadro de profunda crise econômica e política que vem acontecendo nos últimos anos no país.

Diante dessa realidade o denominado Conselho Curador do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) homologou na última terça-feira do mês de agosto (14), que estará distribuindo 50% do lucro do fundo obtido até o último dia útil de 2017, o que representa a cifra astronômica de 6,23 bilhões de reais, sendo destinados para exatamente 90,7 milhões de trabalhadores ativos em todo o Brasil.

A título de esclarecimento são 258 milhões de contas que têm direito ao recebimento do crédito por parte das autoridades governamentais responsáveis até o dia 31 de agosto. Vale frisar também que um indivíduo pode possuir mais de uma conta do FGTS ativa, podendo receber dois ou até mais depósitos.

De acordo com informações veiculadas pela CEF (Caixa Econômica Federal), cada cidadão trabalhador receberá o depósito de aproximadamente 38 reais. No entanto, essa quantia poderá sofrer oscilações, para mais ou para menos, o que dependerá unicamente do valor que a pessoa tinha depositado na conta específica do FGTS até o mês de dezembro do ano passado.

É importante deixar claro que sobre o saldo em questão daquele período será feita uma correção de 1,72%.

Valores e percentuais a serem depositados

A porção dos indivíduos que receberá 38 reais é mínima, pois conforme os cálculos efetuados pela própria Caixa, o percentual de 82,15% dos trabalhadores terá direito a receber somente 10 reais. 12,65% de trabalhadores terão direito ao crédito que varia de 10 a 100 reais.

Uma cifra inferior a 5% irá receber a quantia a partir de 100 reais variando até o teto de 1.000 reais.

Ainda no que diz respeito aos valores para recebimento, 0,27% tem garantido o direito de depósito de 1.000 a 5.000 reais, e finalmente 0,01% da população que trabalha, verá o depósito de quantia superior 5.000 reais em suas contas.

É importante o cidadão ficar atento em nível de descobrir quanto terá direito a receber, pois no próprio site da Caixa Econômica ou em outros disponibilizados pela mídia em geral, ele poderá calcular quanto irá estar recebendo até o dia 31 de agosto.

Regras para saque do crédito 'especial'

Vale a pena registrar o esclarecimento de que o crédito em questão não poderá ser sacado quando bem se entende, uma vez que existem normas pré-estabelecidas de retirada de acordo com os regulamentos do próprio FGTS, tais como: o resgate pode se dar apenas em casos de demissão desde que ela ocorra sem justa causa; casos de aposentadoria; doenças com graves comprometimentos e também a compra da casa própria ou outro imóvel, como já é de conhecimento de boa parte da classe trabalhadora.

Siga as suas paixões.
Fique atualizado.

Não perca a nossa página no Facebook!