Finalmente uma boa notícia para aposentados e beneficiários do INSS: O Instituto Nacional do Seguro Social já deve começar o pagamento da primeira parcela nesta segunda-feira (27), interessados em sacar o dinheiro da autarquia do Governo já podem se dirigir ao banco, caso queiram; lembrando que esse dinheiro da primeira parcela do INSS tem até dia a segunda semana de setembro, dia 10, para cair na conta do beneficiário, no entanto para quem recebe um salário mínimo o dinheiro deve cair na conta entre amanhã e 10 de setembro, já para quem recebe um salário maior que o mínimo deve esperar mais um pouco, pois o mesmo deve cair entre dia 3 e 10 de setembro.

Aposentados e beneficiários como auxílio-doença, salário-maternidade e demais (menos o LOAS que não deve ser confundido com o auxílio-doença) poderão acessar o extrato via internet sem problema algum pelo site: meu.inss.gov.br.Por meio do site a pessoa pode se cadastrar seguindo todos os passos, sempre lendo atentamente; caso queira acessar o extrato por lá, além disso também é possível ver o abono de Natal.

Informações no extrato e código em casos especiais

Segundo informações dispostas, o extrato deve conter informações importantes aos beneficiários já que além de informar o valor líquido do mês o documento deve mostrar também este, mais o benefício, mais o 13º salário.

O beneficiário não deve estranhar caso seu documento venha indicar o código 137 por exemplo, nessas exceções o INSS ( Instituto Nacional do Seguro Social) provavelmente deva ter arredondado o valor final do beneficiário.

Aposentados com mais de 64 são isentos do IR, segunda parcela do abono terá cobrança só por quem é obrigado por lei

Aposentados com mais de 65 anos devem provavelmente notar um código especial no seu extrato, mais especificamente o código 303, esse código na realidade indica que a parcela está isenta de imposto, entretanto o segurado paga o IR (Imposto de Renda), porém menos do que outros.

A segunda parcela do abono natalino que deve cair nas contas dos beneficiários entre o final de novembro e o começo de dezembro, será cobrado o IR (Imposto de Renda), porém somente para quem é obrigado a pagar por lei.

Aposentados do ano ou anteriores e histórico de adiantamento

Para quem se aposentou no início deste ano ou anteriormente, esta primeira parcela do 13º salário deverá ser igual à metade do benefício, já quem começou a receber depois, por exemplo no mês de fevereiro o dinheiro deve ser proporcional.

Historicamente desde 2006 ocorre o adiantamento do benefício, no entanto para o mesmo sair precisa da assinatura do presidente, no caso o decreto desde ano foi assinado pelo então presidente Temer.

Não perca a nossa página no Facebook!