A partir desta quinta-feira, dia 13, começa a ser pago o abono salarial PIS/PASEP, este será o segundo lote do benefício referente a 2018/2019, ano-base 2017. Quem tem direito ao PIS são os trabalhadores da iniciativa privada que nasceram no mês de setembro e no caso do PASEP, poderão receber os servidores públicos cujo final da inscrição seja 2.

Em relação ao valor do abono salarial, isso depende de uma série de fatores, podendo variar de R$ 80 a R$ 954.

É preciso ver quanto tempo o cidadão trabalhou com carteira assinada no ano passado para calcular quanto ele tem a receber. Calcular-se que cerca de 23,5 milhões de trabalhadores estarão sacando R$ 18,1 bilhões.

Quem tem direito ao PIS/PASEP

Nem todo mundo que trabalhou formalmente em 2017 tem direito ao abono salarial, por exemplo, e preciso que a remuneração média mensal tenha sido de no máximo 2 salários mínimos e o cidadão precisa ter realizado alguma atividade remunerada ao menos por 30 dias no ano passado.

Outro requisito é que o trabalhador precisa estar devidamente inscrito no PIS/PASEP no mínimo há 5 anos, sendo que o empregador deve ter atualizado todas as informações pela Rais - Relação Anual de Informações Sociais.

Calendário PIS/PASEP

De acordo com o calendário deste ano, os trabalhadores que têm direito ao abono salarial e que nasceram nos meses de julho a dezembro, poderão sacar o dinheiro ainda este ano.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Vagas

Aqueles que nasceram entre os meses de janeiro a junho, só poderão sacar o benefício no primeiro trimestre do ano que vem. O dinheiro ficará disponível para saque até o dia 28 de junho de 2019, após esta data, não será mais possível sacar o dinheiro.

Valor do Abono Salarial

O valor do abono é de acordo com a quantidade de meses trabalhados em 2017, por exemplo, quem trabalhou só por 1 mês, receberá 1/12 do salário mínimo vigente no país.

Quem trabalhou 4 meses, receberá 4/12 do salário e assim por diante. E quem trabalhou os 12 meses, receberá o valor integral.

Para sacar o PIS, é preciso ter o Cartão do Cidadão e também a senha, assim é só ir aos terminais de autoatendimento da CEF ou até mesmo em uma lotérica. Quem não tiver esse cartão precisará ir até a agência mais próxima com um documento de identificação.

Correntistas de bancos privados recebem na conta

Quem for correntista do Itaú, Bradesco, Bancoob, Santander, Mercantil, Sicredi, BRB ou Banestes, receberá o PIS/PASEP em sua conta.

Essa facilidade antes era só para clientes do Banco do Brasil e da CEF.

A partir desta quinta-feira (13), as cotas do PIS, para trabalhadores do setor privado, já começam a ser depositadas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo