Uma microempresa, em muitos casos, é formada por uma ou até mesmo duas pessoas. As tarefas precisam ser sempre divididas e segmentadas. O financeiro faz o RH, que faz as mídias sociais, que faz o atendimento, e por aí vai. É um setor que contempla todos os outros setores.

Entretanto, é possível começar a sair dessa dificuldade, abrir novas portas e começar a decolar com o próprio negócio. Como fazer? Expondo a marca para a população. De que forma? Com o marketing digital. Com pouco investimento, é possível dar grandes saltos para conquistar potenciais clientes.

O maior desafio para as micro e pequenas empresas é, sem dúvida, a competitividade com as grandes corporações. Isso porque, de um modo geral, essas empresas não podem fazer investimentos significativos em marketing. Cada orçamento, não importa quão pequeno seja, deve ser aplicado com precisão, evitando os gastos excessivos.

Nesse sentido, as redes sociais podem ser uma excelente aliada para esse tipo de negócio. Com elas, é possível aumentar a visibilidade e reter mais clientes. Mas só as redes sociais não basta, deve haver uma estratégia para atingir esse objetivo.

Estratégias de marketing digital para microempresas

Microempresas, antes de tudo, precisam ser vistas. O primeiro passo, portanto, é expor a marca e mostrá-la ao grande público.

Com essa amostra, o público passa a conhecer os objetivos da marca. Assim, antes de querer empurrar vendas, o público precisa ser transformado em potenciais clientes.

Investimento nas redes sociais

As redes sociais são as plataformas mais diretas entre a sua empresa e o seu público. Entretanto, não basta criar uma página e achar que imediatamente você terá seguidores, engajamento e vendas.

Não caia na armadilha de comprar seguidores. Além de antiética e proibida, a prática não vai ajudar a empresa a ter bons resultados.

Caso queira fazer um investimento inicial, as próprias redes sociais permitem criar mecanismos de investimento em anúncios dentro das próprias plataformas. Mais seguro e com retorno garantido.

E-mail marketing mantém o contato

O e-mail marketing é uma das ferramentas que proporcionam maior conversão para as microempresas, mesmo que muitos microempresários não o achem. Por meio desse canal, é possível manter um contato direto e contínuo entre a marca e o cliente. Portanto, o e-mail é um dos melhores recursos para a criação de estratégias de atração e retenção de clientes, uma vez que o diálogo é de 1 para 1.

Entretanto, antes de partir para a ação, é fundamental conhecer o próprio público-alvo. Logo após, compreender que estratégias mais em conta (como redes sociais e e-mail marketing) exigem uma atenção especial, pois a renovação das mesmas precisa ser constante e o trabalho é sempre contínuo.

Siga a página Negócios
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!