Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), de 2015, podem realizar a inscrição para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) até amanhã. O número de inscritos já passa de 1,6 milhão de pessoas. No ano passado, quase 2,8 milhões de estudantes participaram do processo, segundo dados do Ministério da Educação (MEC).

 As notas de corte já foram divulgadas pelo Sisu. O cálculo leva em consideração a quantidade de inscritos, bem como o número de vagas disponíveis em cada curso. Daí, tira-se a menor nota. No total, são 228 mil vagas, distribuídas em 131 instituições públicas de ensino superior.

 O sistema é dinâmico, ou seja, a nota muda todo dia, por isso, até o final da seleção, o participante pode alterar o curso ou instituição, de acordo com a nota obtida.

Isso aumenta a chance de aprovação, pois torna-se possível realizar o cadastro na opção mais apropriada, de acordo com a pontuação no Enem.

 Veja o passo-a-passo para acessar o sistema

1) O Sisu cobra o número de inscrição do Enem, por isso é importante tê-lo em mãos, já que se trata de um dado obrigatório. Essa informação pode ser retirada do site oficial do Enem, bastando apenas digitar o número do CPF e senha.

2) Depois disso, o passo seguinte é ir para site do Sisu. Logo, aparece uma tela com as condições de funcionamento, data limite, prazo de matrícula, tira-dúvidas e resultados. Para ter acesso à página de login, basta clicar em “Fazer a inscrição”.

3) Escolha até duas opções de curso. Pode ser a mesma habilitação em universidades diferentes ou cursos distintos, na mesma instituição.

Os melhores vídeos do dia

Não pule etapas, pois só é possível escolher a segunda opção depois da primeira selecionada.

4) Após a escolha, surge na tela a quantidade de vagas destinada ao curso pretendido, em cada uma das modalidades, ou seja, ampla concorrência e ação afirmativa. Dessa forma, o candidato passa a ter uma noção do que é oferecido e pode usar esses dados para agir estrategicamente. No entanto, para entrar no sistema de cotas é preciso estar dentro dos requisitos estipulados.

5) Clicando na opção desejada, o participante é direcionado para uma página contendo as informações do curso, bem como a documentação exigida pela universidade escolhida. O sistema calcula as notas automaticamente, com base no peso estipulado pela instituição.

6) Repita o mesmo processo na segunda opção. Depois disso, basta acompanhar a nota de corte divulgada pelo Sisu, durante o processo de inscrição, todos os dias, a partir das 9h.

Dificuldades no acesso

No primeiro dia, alguns estudantes tiveram problemas na hora de acessar o sistema. Muitos deles, mesmo colocando os dados corretamente, ficaram temporariamente sem conseguir entrar. A situação foi normalizada depois de um tempo e todos puderam realizar as suas candidaturas.

E aí, você passou pela mesma situação? Conte para gente e compartilhe com os seus amigos para que eles possam também participar dessa enquete conosco.