O prazo parainscrição no Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES)termina logo mais às 23h:59 desta quarta, horário de brasília.

O estudante interessadotem até este horário para se inscrever, já que o prazo não será prorrogado.

Para se inscrever, o estudante deve acessar o site:http://fiesselecao.mec.gov.br.

Para a contemplação, o aluno deve ter participado de pelo menos uma edição do ENEM à partir de 2010, e não ter tirado nota menor que 450 pontos na prova nem ter zerado a redação.

O candidato pode consultar as vagas no próprio portal. Lá é possível fazer a busca por instituição, curso ou município. O sistema do MEC responde com informações sobre turno, conceito do curso, mensalidade para o Fies, número de vagas e nota de corte.

Serão 75 mil vagas disponibilizadas e a divulgação dos selecionados acontece amanhã (30/06).Os estudantes que não forem aprovados poderão participar de uma nova etapa com as vagas remanescentes.

O Ministério da Educação reduziuo percentual de contratos que deveriam ser fechados exclusivamente com estudantes das áreas de saúde, engenharia e licenciatura.

Antes disso, essas áreas recebiam quase 70% dos financiamentos. Agora será reduzido para 60%. O percentual também mudou nas seguintes áreas:

- Os cursos prioritários da área de saúde foramde 45% para 50%;

- Os cursos prioritários da área de engenharia sobem de 35% para 40%;

- Os cursos prioritários da área de licenciatura e pedagogia passam de 20% para 10%.

Mais informações podem ser obtidas nosite do Fies, por autoatendimento via formulário ou peloportal de atendimento do MEC:0800-616161.

Sobre o programa:

O FIES é a aprimoramento de um programa criado durante o governo FHC (Fernando Henrique Cardoso) em 1999, sucedendo o "Crédito Educativo" de 1976, criado pelo regime militar.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Educação

É destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas. Podem recorrer ao financiamento os estudantes matriculados em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo