Na onda do movimento “Ocupa Paraná”, responsável pelas ocupações de diversas escolas do estado, um grupo de jovens ocupou na noite da última quinta-feira, dia 3, o prédio histórico da Universidade Federal do Paraná, localizado em Curitiba.

Segundo informado por pessoas presentes no local, o grupo iniciou a ocupação a partir das 22h30, quando as aulas daquela noite haviam se encerrado.

Publicidade
Publicidade

A ocupação gerou controvérsias entre os movimentos estudantis da universidade, que haviam marcado assembleias para debater a questão na próxima semana.

A forma como a ocupação foi conduzida também têm sido alvo de críticas pelos estudantes engajados nos movimentos estudantis ou não. Segundo relatos, a tomada do prédio envolveu confusão e empurra-empurra entre pessoas que deixavam e entravam no prédio.

De acordo com noticiado por veículos locais, o grupo que ocupou o prédio se denominou de “Ocupa Santos Andrade”, indicando uma página da rede social Facebook onde expuseram uma nota com sua versão da ocupação.

O prédio ocupado da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba.
O prédio ocupado da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba.

Reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho declarou que a ocupação do prédio histórico da capital paranaense é “uma mancha na democracia da universidade”.

Leia tudo