É bom os vestibulandos que pretendem uma vaga na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) irem já se preparando, pois segundo a revista eletrônica da universidade, o vestibular do ano de 2017/2018 exigirá a leitura prévia de cinco livros, sendo quatro da Literatura brasileira e um de literatura de língua portuguesa que não seja do Brasil (Portugal, Angola, Moçambique, por exemplo).

A divisão das obras que cairão ficou assim: no 1º E.Q.

(exame de qualificação) os contos "A terceira margem do rio" e "O espelho" do livro "Primeiras estórias" de João Guimarães Rosa; no 2º E.Q. "A hora da estrela" de Clarice Lispector; nos exames discursivos "Dom Casmurro" de Machado de Assis; e "Ensaio sobre a cegueira" de José Saramago, para quem fará a prova específica de Língua Portuguesa.

Medida para prestigiar a literatura

A medida foi tomada para, entre outras questões, prestigiar a literatura no ensino médio e, ao mesmo tempo, aguçar o hábito da leitura entre os educandos para, consequentemente, melhorar sua habilidade nesse quesito, já que é comum a reclamação por parte de educadores de que grande parte dos alunos não consomem literatura.

É importante ressaltar que essa medida não é novidade, pois os principais vestibulares do país já usam da prática.

O doutor em Literatura Comparada e professor da uerj, Gustavo Bernardo, diz em seu texto "Por que cobrar a leitura de livros de literatura no vestibular?" que a falta dessa cobrança, além de desprestigiar a literatura, promove a insuficiência na habilidade da leitura, fato que ocorre há mais de uma geração.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Literatura

Mais uma vez Machado

Um dos livros obrigatórios para as provas será o romance "Dom Casmurro" de Machado de Assis, o autor é "figura carimbada" nos vestibulares da UERJ. Trechos de obras suas, assim como contos e crônicas, não são difíceis de aparecer nos exames, tanto objetivos quanto discursivos, por isso, não só a leitura de suas obras são fundamentais, mas também a análise técnica, o estilo e a biografia do autor, pois provavelmente é o que serão cobrados nas provas.

Cursos preparatórios precisam se mover

Com as mudanças, os cursos preparatórios precisam se mover para a adequação de seus programas. Projetos de fim de semana são uma boa opção para oficinas de leitura das obras, tal como a exibição de filmes como "Ensaio sobre a cegueira" de Saramago, pois se trata de uma obra densa.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo