A formação acadêmica já não é mais suficiente para garantir um bom emprego. O mercado tem exigido cada vez mais um currículo diferenciado, com boas experiências, mais de um idioma fluente e cursos de qualidade. Fazer uma pós-graduação, MBA ou mestrado em outro país tem custos, muitas vezes inacessíveis para a maioria dos brasileiros. Uma forma de realizar o sonho de estudar fora ter oportunidades de crescimento profissional, é se candidatar a bolsas de governos de outros países. O Reino Unido abriu vagas para bolsas gratuitas para pós-graduação em diversas universidades do país. O Chevening é um programa que oferece bolsas de #estudo do Governo Britânico para diversos países, entre eles, o Brasil.

As inscrições estarão abertas até o dia 7 de novembro, a previsão para o início do curso é em setembro de 2018 e terá duração de um ano.

O programa inclui nas bolsas as passagens de ida e volta para o Reino Unido [VIDEO], as taxas administrativas cobradas pela universidade, a anuidade do curso escolhido, além dos gastos pessoais, instalação no país e o visto do Reino Unido.

Além de disponibilizar bolsas de mestrado nas áreas de direito e de energias renováveis, em parceria com a Fundação Lemann serão oferecidas aos candidatos bolsas nas áreas de Educação, Saúde e Políticas Públicas.

Para conseguir uma bolsa de estudos é necessário que o candidato tenha um forte perfil de liderança disposto a realizar mudanças no mercado onde atua. É exigido domínio da língua inglesa, poucos anos de formação superior, até 10 anos e com um excelente currículo acadêmico.

A experiência profissional precisa ser de pelo menos 2 anos, são considerados os estágios, remunerado e não-remunerado, e que o candidato tenha um histórico profissional de excelência e com grande potencial para se tornar um líder de sucesso em sua área de atuação. Outro fator importante é que o aluno entenda de forma clara como o curso pode beneficiar seu país de origem, ter a intenção de voltar após o término dos estudos, e assim poder usar os conhecimentos adquiridos em seu país. O programa Chevening prioriza o bom relacionamento entre os bolsistas, tanto no período do curso como após retornar ao seu país.

A primeira parte do processo seletivo é o envio da documentação necessária e cartas de recomendação e três opções de curso de interesse. Depois o candidato participará de um entrevista em inglês na Embaixada Britânica ou em cidades que tenham consulado britânico.

É uma excelente oportunidade de desenvolvimento profissional [VIDEO], acadêmico e pessoal, além de estabelecer laços sociais e conhecer novas culturas.

As inscrições podem ser feitas pelo site do Chevening. #ENEM #Estudar no exterior