Quando se pensa em Estudar no exterior, fatores como a possibilidade de adquirir maior conhecimento sobre o idioma e a cultura local, bem como a valorização do currículo para futuras oportunidades no mercado de trabalho, são pontos muito relevantes na decisão de realizar um intercâmbio.

Por sinal, o termo intercâmbio vem se tornando cada vez mais popular no últimos anos, seja pela iniciativas governamentais, como o Programa Ciências Sem Fronteiras, ou mesmo pelo crescente interesse de estudantes brasileiros por outras nações. Com instituições de ensino renomadas internacionalmente e situadas em cidades com uma excelente infraestrutura, esses centros universitários têm atraído cada vez mais interessados pelo mundo a fim participar de seus processos seletivos para Bolsas de estudo, por exemplo.

Estudar fora do Brasil

A possibilidade de estudar fora país ainda é vista como um processo caro e burocrático para muitos. Contudo, essa cultura vem mudando com a popularização do acesso a internet, onde há muitas ofertas de bolsas de estudo e programas acadêmicos voltados aos estudantes de menor poder aquisitivo, podendo ser acompanhadas pelos meios de divulgação nas redes sociais e sites de instituições de ensino no Brasil e no mundo, que, além de oferecer altos níveis de ensino, focam também na consciência social de seus cursos e palestras.

Países mais procurados para fazer intercâmbio

Divulgada nesta última semana pela rede de intercâmbio World Study, a lista de dez países destaca esses destinos por serem os mais procurados por estudantes brasileiros, o levantamento levou em consideração as opiniões de 4 mil estudantes em busca por cursos no exterior durante o primeiro semestre de 2017.

Os melhores vídeos do dia

1º - Canadá

O país situado na América do Norte é considerado um dos mais atrativos para quem tem objetivo de estudo no exterior [VIDEO] por conta de ser uma nação multicultural e receptiva aos estrangeiros desde a época de sua colonização anglo-francesa.

Principais cidades universitárias:

  • Montreal;
  • Toronto;
  • Vancouver;
  • Quebec City.

2º - Austrália

Situado no continente da Oceania, o país atrai muitos interessados que, além de estudar, também pretendem trabalhar no exterior. O país chama a atenção por uma das legislações mais flexíveis do mundo quando se trata de trabalho para intercambistas.

No país estão situadas algumas das melhores universidades do mundo em grandes centros urbanos, tais como:

  • Sydney;
  • Melbourne.

Confira os demais países do ranking, segundo a Word Study:

3º - Irlanda

4º - Estados Unidos

5º - Inglaterra

6º - Nova Zelândia

7º - Malta

8º - África do Sul

9º - França

10º - Alemanha