A opção por morar no exterior pode ser justificada pelas mais diversas motivações e circunstâncias. A busca por uma qualificação de excelência e oportunidades de emprego com uma melhor remuneração [VIDEO] estão entre as mais elencadas por quem deseja viver em outro país.

Em consonância com uma economia globalizada, o domínio de outras línguas é considerado como um elemento eliminatório nos principais processos de seleção para bolsas de estudo e vagas de emprego internacionais. Esse é um fator agregador ao currículo de estudantes e profissionais que procuram estar em constante atualização de seus conhecimentos e a otimização de capacidades requeridas por instituições de ensino e empresas internacionais, respectivamente.

Trabalhar no exterior

Há tempos que o aprendizado de idiomas estrangeiros não está mais meramente relacionado ao planejamento de férias para fins de viagens a turismo ou mesmo um hobby excêntrico. Hoje, a fluência de um ou mais línguas é vista como uma habilidade determinante para que um candidato possa garantir uma vaga de emprego no exterior, por exemplo.

Comunicar-se bem em um segundo idioma abre muitas portas para pessoas que se propõem em sair de sua zona de conforto e procuram assimilar a maior quantidade possível de conhecimento sobre a cultura estrangeira na qual pretende estar imerso, influenciando positivamente nas relações pessoais e profissionais.

Estudar no exterior

Outra razão que merece destaque para um prévio planejamento com o objetivo de iniciar o aprendizado de uma língua estrangeira está diretamente vinculada a uma rotina comum aos interessados por ambientes acadêmicos e/ou centros de culturais fora do país.

Seja com a intenção de adquirir maior fluência no idioma oficial predominante em palestras e materiais didáticos, é recomendado ao candidato conhecer os requisitos para concorrer a bolsas de estudo para graduação no exterior [VIDEO], verificando qual o nível de conhecimento na língua de trabalho para um satisfatório aproveitamento do programa de estudos.

Dicas para melhorar o conhecimento de idiomas antes de viajar para o exterior #Estudar no exterior #Trabalhar no exterior

  1. Inclua tópicos em seus estudos que permitam simular situações que possam surgir nos ambientes profissionais ou educacionais no país de destino como entrevistas e questionários. Procure transcrever e ler textos argumentativos que possam sintetizar algumas de suas metas e habilidades, possibilitando uma maior segurança em futuras conversas mais formais.
  2. Busque aprimorar seu contato com o idioma, realizando atividades cotidianas como mudar a configuração do celular, ou mesmo em momentos de lazer assistindofilmes e seriados na língua na qual se pretende aperfeiçoar. Essas dicas podem ser interessantes proporcionando uma imersão gradativa enquanto ainda não viajou para o exterior.
  3. Ouça estações de rádio oupodcast de preferência com descrições. Isso trará uma familiaridade como a realidade da região. Procure se manter bem informado com notícias da cidade estrangeira na qual se pretende viver por um determinado período de aperfeiçoamento profissional ou de estudos. Isso se tornará um hábito e pode definir como será a visão sobre os costumes e a cultura local, facilitando a interação com os colegas de trabalho ou universidade na época da adaptação.
  4. É recomendado listar algumas situações que podem ser frequentes durante a estadia. Selecione termos expressões e termos comuns no idioma em que se estudando a fim de facilitar a comunicação em momentos específicos, como pedir informações na rua, bem como ir ao restaurante. Anotar as referências do dia-a-dia a partir de filmes e músicas. também é um auxílio nessa etapa de fixação de uma nova língua, antes de uma efetiva #Viagem internacional.