Para quem pensa em Estudar no exterior, as opções mais recomendadas para ter acesso a boas oportunidades em instituições internacionais é por meio do intercâmbio e/ou programas que oferecem bolsas de estudo.

O intercâmbio permite que o interessado possa acessar recursos didáticos e profissionais dependendo do momento de sua vida estudantil, sendo subdividido por categorias, geralmente os programas são voltados ao aprendizado de idiomas, high school (ensino médio), além dos mais procurados como o intercâmbio acadêmico, onde já na fase de entrada na universidade o estudante também poder recorrer a cursos de especialização como pós-graduação e doutorado no exterior.

Visto de "Férias-Trabalho"

A fim de oferecer maior acessibilidade aos programas de intercâmbio, são fechados acordos bilaterais entre nações como é caso do tratado de cooperação recém-assinado pelas Embaixadas da França e do Brasil, concedendo o direito a qualquer cidadão brasileiro, com idade entre 18 e 30 anos e que deseje estudar na França por meio do Programa "Férias-Trabalho", de trabalhar no país em horários alternativos.

Vale lembrar que as regras entram em vigor a partir de 1º de março deste ano, valendo simultaneamente para os cidadãos dos signatários do acordo, ou seja, um brasileiro poderá trabalhar no França enquanto frequenta o curso no exterior [VIDEO], o mesmo acontecendo com alunos franceses pelo período correspondente ao período de estudos no Brasil.

Como pedir o Visto “Férias-Trabalho”?

O pedido de visto pode ser solicitado em Brasília, São Paulo ou no Rio de Janeiro, através dos respectivos Consulados da França localizados nessas cidades.

A validade do visto é de 12 meses e, segundo informações disponíveis no site da Embaixada da França no Brasil, não será possível alterar o status visa concedido durante a estadia fora do país de origem, também não sendo possível a prorrogação de duração do período de trabalho em um mesmo empregador, sendo essa limitada a 1 ano.

Para quem deseja inscrever-se no Programa "Férias-Trabalho" não é exigida a fluência no idioma francês, contudo é recomendado o conhecimento básico da língua. A solicitação do visto pode ser realizada por pessoas na faixa de etária de 18 e 30 e que não tenham usufruído do mesmo programa na França, além de comprovarem saúde plena por meio de atestado médico e recursos financeiros para os custos inerentes ao início da estadia no país.

Para maiores informações acesse o site "br.ambafrance.org"