Al Hagar

Contribuinte

Sou o sonho mais profundo de mim, a voz mais audível de meu ser, os versos que mais singelamente componho em meu cotidiano. Escrevo o que faz o universo do ser torná-lo humano. Amo as artes. Mas igualmente aprecio acompanhar as manobras políticas daqui e de fora. Escrevo de tudo um pouco: arte, cinema, educação, tecnologia, relações internacionais.