Caio Alarcon

Contribuinte

Uma deusa, uma louca, uma feiticeira Ela é demais Quando beija minha boca e se entrega inteira Meu Deus, ela é demais! Uma deusa, uma louca, uma feiticeira Ela é demais Quando beija minha boca e se entrega inteira Meu Deus, ela é demais! Ela tem um brilho forte, brilha feito entrela Ah, eu adoro vê-la! Fazendo aquele amor Que me enlouquece, me embriaga, me envolve inteiro E me faz prisioneiro Um louco sonhador Ela sabe me prender como ninguém Em seus mistérios Sabe se fazer como ninguém Meu caso sério Uma deusa, uma louca, uma feiticeira Ela é demais