A expectativa era grande para a estreia dos brasileiros na Copa Libertadores da América 2015. No entanto, com a exceção do Corinthians, que enfrentou outro time brasileiro, o rival São Paulo, e venceu por 2X0, jogando em casa com o apoio da torcida, os outros dois brasileiros estrearam com derrota na primeira rodada da competição, que começou a ser disputada na terça-feira passada, 17.

O primeiro deles foi o Internacional. O time gaúcho, bicampeão da Libertadores em 2006 e 2010, não resistiu aos 3.360 metros de altitude da capital boliviana, La Paz, e foi facilmente derrotado pelo The Strongest por 3X1, na última terça.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Os colorados, comandados pelo meia D'Alessandro, autor do único gol do time na partida, não criou dificuldades para os donos da casa, que venceu a partida sem maiores problemas.

Agora o time do técnico Diego Aguirre terá que se recuperar em casa, pela segunda rodada do grupo 4, para não se atrapalhar na competição. O Inter enfrenta a equipe do Universidad do Chile, que estreou com derrota em casa para o Emelec do Equador, pelo placar de 1X0. A partida entre Internacional e Universidad do Chile será realizada no estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre, no dia 26 de fevereiro, às 20h15.

O outro brasileiro derrotado na estreia da Libertadores foi o Atlético-MG. O "galo" estreou nessa quarta-feira, 18, também fora de casa, contra o Colo-Colo do Chile. A partida marcou o encontro de dois campeões do torneio, e o campeão de 1991 levou a melhor contra o campeão de 2013. A princípio, o time brasileiro criou certa dificuldade para o adversário chileno, marcando sob pressão e apostando nos contra-ataques com o baixinho e veloz, Luan.

Os melhores vídeos do dia

Porém, as coisas começaram a se complicar para os mineiros quando, já no final do primeiro tempo, o atacante do Colo-Colo, Felipe Flores, arriscou um chute de fora da área e o goleiro atleticano, Victor, falhou ao deixar entrar uma bola completamente defensável. Aberto o placar, os chilenos só administraram a partida, até o atacante Paredes marcar mais um gol e decretar a vitória para os donos da casa: 2X0. Para não se complicar na competição, o Atlético terá que vencer a próxima partida, em casa, contra o Atlas do México, no dia 25 de fevereiro, às 19h45.

Um time brasileiro ainda falta estrear na competição. O Cruzeiro, bicampeão da Libertadores em 1976 e 1997, e atual bicampeão brasileiro, enfrenta no dia 25 de fevereiro o Universitário Sucre do Peru, valendo pelo grupo 3. Assim como Inter e Atlético, os cruzeirenses também vão estrear longe dos seus domínios. Resta saber se a "raposa" terá melhor sorte do que os seus compatriotas.