Já na largada, o brasileiro Felipe Massa viu sua esperança de chegar ao pódio indo por água abaixo. O brasileiro, que largaria na sexta colocação, teve problemas no carro e não conseguiu realizar a volta de apresentação. Ele precisou largar dos boxes, em último lugar. Desta forma, precisava fazer uma corrida de recuperação e de muita superação, mas com o desgaste dos pneus e a necessidade de três paradas nos boxes para a troca destes, acabou chegando apenas em décimo lugar.

O outro brasileiro, Felipe Nasr, da Sauber, que largou em décimo segundo lugar, acabou chegando nesta mesma posição ao final da corrida, também tendo entrado nos boxes três vezes durante a prova.

O grande vencedor foi mais uma vez o inglês Lewis Hamilton, que, largando na pole position, fez uma corrida tranquila, se mantendo na liderança até o final da prova. Com esta vitória, Hamilton se mantém na liderança do campeonato, tendo conquistado sua terceira vitória em quatro corridas disputadas. Agora a vantagem de Hamilton sobre o segundo colocado na classificação geral, o seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, aumentou, e o campeonato promete para os próximos grandes prêmios uma disputa interna entre pilotos da Mercedes.

O pódio do GP do Bahrein ainda foi composto por Kimi Haikkonen, da Ferrari, e pelo companheiro de equipe de Hamilton, Nico Rosberg, que acabou perdendo o segundo lugar nas últimas voltas do circuito de Sakhir. O até então vice líder do campeonato, Sebastian Vettel, chegou apenas em quinto lugar, logo atrás de Valteri Bottas, da Ferrari, companheiro de equipe do brasileiro Felipe Massa.

Os melhores vídeos do dia

Agora, a classificação geral do campeonato de F1 traz na liderança o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes Benz, seguido pelos pilotos alemães, Nico Rosberg e Sebastian Vettel. Com a péssima colocação nesta prova, o brasileiro Felipe Massa acabou perdendo a quarta colocação para Kimi Haikkonen. Já o seu xará e conterrâneo Felipe Nasr, que também não teve uma boa colocação na prova, ocupa o oitavo lugar, com 18 pontos.