Nessa quarta-feira (15) aconteceram as duas partidas que complementaram os Jogos de ida das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Ao contrário dos jogos da terça (14), essa rodada foi recheada de gols, e com placares iguais, onde o vencedor aplicou 3x1 nas equipes derrotadas. Segue abaixo esses jogos.

No Parque dos Príncipes, em Paris, o Paris Saint Germain perdeu para o Barcelona por 3x1. O gol do time francês foi de Van Der Wiel. Foram dois gols de Luís Suárez e um de Neymar para o time espanhol. Com esse resultado, o Barcelona pode perder por 2x0 no jogo de volta no Camp Nou que estará classificado para as semifinais.

Já o PSG terá que vencer pela diferença de dois gols, desde que faça quatro ou mais tentos, mas se vencer por 3x1 o confronto irá para as penalidades.

O time Catalão jogou muito bem e dominou grande parte do jogo, mesmo jogando na casa do adversário, e vale salientar que o time francês possui um grupo de jogadores qualificado, e entre os titulares estão jogadores do primeiro escalão do Futebol, e que são destaques em suas respectivas seleções. E mais uma vez o trio sul-americano Messi, Neymar e Suárez se destacaram em uma partida, provocando desequilíbrio na defesa adversária.

No Dragão, o Porto venceu o Bayern de Munique por 3x1. Foram dois gols de Quaresma e um de Jackson Martínez para o time português. Thiago Alcântara fez o gol do time alemão. Com isso, o Bayern terá que vencer por 2x0, ou por um placar mais 'elástico', para avançar às semifinais.

Os melhores vídeos do dia

Já o Porto poderá perder por dois gols de diferença, desde que faça dois ou mais tentos, que estará classificado. Se a partida terminar 3x1 para o time de Munique, o duelo irá para as penalidades.

O Porto jogou uma partida surpreendente, e logo aos 10 minutos do primeiro tempo já vencia a partida por 2x0. Há de se exaltar o futebol jogado pelo clube português, pois o adversário não foi qualquer um, foi contra o principal clube alemão na atualidade, e que é dirigido por Pepe Guardiola, um técnico que é conhecido por fazer suas equipes desenvolverem um jogo bonito e ofensivo.