O técnico Tata Martino divulgou a lista dos pré-selecionados para a Copa América, que será disputada em junho, no Chile. A relação não teve surpresas, pois os convocados foram aqueles que todos imaginavam que representariam a seleção argentina na competição, inclusive o chamado de Carlitos Tévez. Mas dessa lista, 7 atletas deverão ser cortados, pois somente 23 poderão ser inscritos, de acordo com o regulamento.

A convocação do atacante que joga na Juventus será a primeira em uma competição oficial após anos, quando curiosamente a última vez que defendeu a seleção argentina em um campeonato foi justamente na Copa América de 2011.

Da lista de jogadores convocados, somente quatro deles atuam no Futebol argentino, além de outros dois que defendem equipes mexicanas, e o restante joga em clubes europeus. Os que defendem times argentinos são: Fernando Gago (Boca Juniors), Milton Casco (Newell's Old Boys), Maxi Rodríguez (Newell's) e Federico Moncuello (Independiente). Segue abaixo a lista completa.

Os goleiros escolhidos foram os seguintes: Nahuel Guzmán, do Tigres, do México; Sergio Romero, da Sampdoria; Mariano Andujar, do Napoli e Agustin Marchesín, do Santos Laguna, do México.

Os defensores, tanto laterais quanto zagueiros, que foram selecionados foram: Ezequiel Garay, do Zenit; Pablo Zabaleta, do Manchester City; Marcos Rojo, do Manchester United; Facundo Roncaglia, do Génova; Lucas Orban, do Valencia; Nicolás Otamendi, também do Valencia; Martín Demichellis, do Manchester City; Milton Casco, do Newell's Old Boys e Federico Fernández, do Swansea, da Inglaterra.

Os melhores vídeos do dia

Dos jogadores que atuam no setor de meio-campo, entre volantes e meias, foram convocados os seguintes: Javier Pastore, do PSG; Angel Di María, do Manchester United; Lucas Biglia, do Lazio; Roberto Pereyra, do Juventus; Ever Banega, do Sevilla; Enzo Pérez, do Valencia; Javier Mascherano, do Barcelona; Fernando Gago, do Boca Juniors; Federico Moncuello, do Independiente; Maxi Rodríguez do Newell's e Lamela do Tottenham.

Entre os atacantes os selecionados foram: Ezequiel Lavezzi do PSG; Sergio Agüero do Manchester City; Gonzalo Higuaín do Napoli; Carlos Tévez da Juventus; Lionel Messi do Barcelona e Gaitán do Benfica.