O principal tenista brasileiro da atualidade, Thomaz Bellucci, dará a largada no confronto entre Brasil e Croácia, em Florianópolis, pela Copa Davis, nesta sexta-feira (18). O paulista encará, a partir das 10h, Mate Delic, que substitui o campeão do US Open de 2014 Marin Cilic, cortado da delegação croata por lesão no tornozelo. Com 22 anos, Delic é apenas o 499° tenista do ranking da ATP e jogou praticamente apenas torneios da série Challenger na atual temporada.

Publicidade
Publicidade

Após a partida de Bellucci, o número 2 do Brasil, João Souza, o Feijão, entra em quadra no segundo jogo da sexta. Ele terá um desafio bem mais complicado pela frente, já que medirá forças contra a grata sensação de 18 anos, Borna Coric, 33° do mundo. Coric, em entrevista concedida nesta semana, fez questão de passar o favoritismo para o lado brasileiro.

"Temos que reconhecer que com a perda de Marin Cilic o Brasil passou a ser o favorito para esse confronto.

Publicidade

Eles têm o Bellucci que pode causar problemas para qualquer jogador do mundo e João Souza, que é sólido especialmente no saibro. Mas vamos dar o nosso melhor e não baixaremos sem lutar", disse o jovem croata.

No sábado, será a vez da partida de duplas do confronto. Pelo lado brasileiro, os mineiros Bruno Soares e Marcelo Melo tentarão o ponto diante de Ivan Dodig e Franko Skugor. Dodig, curiosamente, é o parceiro habitual de Marcelo Melo nos torneios da ATP durante a temporada.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades Tênis

Neste ano, eles foram campeões de Roland Garros jogando juntos. No domingo, os duelos de simples da sexta-feira se invertem.

O confronto é válido pela repescagem da primeira divisão da Copa Davis de Tênis. Em março, o Brasil perdeu para a Argentina nas oitavas de final. Quem perder no duelo entre Brasil e Croácia disputará a segunda divisão na temporada que vem. Todos os jogos são disputados em uma melhor de cinco sets. Mandante no duelo, o time brasileiro, comandado pelo capitão João Zwetsch, optou por mandar o confronto para Florianópolis, em Santa Catarina, na superfície do saibro.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo